Boxe: Primeira turma do projeto NEBAR Base 1 de 2024 inicia nesta segunda-feira

0
105
CT da seleção brasileira de boxe é palco de treinamento de aspirantes - Luiz Gaspar/CBBoxe

A partir desta segunda-feira (4/03), o Centro de Treinamento da Seleção Brasileira de Boxe, na capital paulista, está sendo palco da primeira turma do projeto Núcleo de Esportes de Base e Alto Rendimento (NEBAR) Base 1 do ano de 2024. Até o próximo dia 12, jovens aspirantes a atletas de alto rendimento e treinadores serão preparados para a disputa do Campeonato Mundial Juvenil de Boxe este ano.

CT da seleção brasileira de boxe é palco de treinamento de aspirantes – Luiz Gaspar/CBBoxe

Mais do que qualificar os jovens atletas das divisões juvenil e cadete para este importante torneio de base, o objetivo do projeto NEBAR é familiarizá-los com a rotina e disciplina dos atletas de alto rendimento, para que, no futuro, como por exemplo em um ciclo olímpico, eles estejam preparados para os obstáculos inerentes aos competidores do mais alto nível.

“A gente desenhou esse projeto em 2021 junto ao Ministério do Esporte para aproximar o atleta em início de carreira do treinamento de alto rendimento que a gente desenvolve na seleção brasileira. A ideia é dar qualificação técnica, tática e física tanto para esses jovens atletas quanto para os técnicos”, explica o presidente da Confederação Brasileira de Boxe, Marcos Brito.

Com o compartilhamento da experiência de atletas e comissão técnica da seleção brasileira de boxe, que inclui treinadores, profissionais da saúde e de outros segmentos importantes no ciclo olímpico, o programa apoiado pelo Ministério do Esporte e Governo Federal dá aos aspirantes a oportunidade de aprender, melhorar e se desenvolver ainda mais no boxe.

“Se conseguirmos desenvolver logo na base, teremos um futuro ainda mais promissor para esses jovens atletas. Esse programa visa qualificá-los, transmitir conhecimentos sobre o que pode acontecer, sobre a importância da dedicação, enfim, todos os aspectos que, no futuro, serão imprescindíveis para o desenvolvimento como atleta olímpico”, complementa o presidente da CBBoxe.

Durante estes nove dias de preparação no CT da seleção brasileira de boxe, os jovens atletas passarão por treinamentos físicos, com corridas longas, sacos e sombras; táticos; e técnicos, com escola de combate dirigida; além de sparrings em determinados dias, sempre acompanhados de profissionais do mais alto gabarito dentro do que há de melhor no boxe brasileiro.