LFA 136: Rio de Janeiro leva a melhor no desafio contra São Paulo

0
105
"Predador" superou Ítalo Gomes na luta principal (Foto: LFA)

Apesar da vitória do paulista Wellington “Predador” sobre o fluminense Ítalo Gomes na luta principal do LFA 136, realizado nessa sexta-feira em Caraguatatuba, litoral norte paulista, o Rio de Janeiro venceu o desafio contra São Paulo, por quatro a três.

“Predador” superou Ítalo Gomes na luta principal (Foto: LFA)

“Predador” e Gomes fizeram um duelo à la ADCC, com constantes trocas de posições de grappling para ambos. Embora tenha perdido um ponto no primeiro round devido a um dedo no olho do adversário, “Predador” saiu vitorioso por decisão majoritária.

Na luta coprincipal, o carioca Davi “Black” dominou as ações diante de Eduardo “Chapolin” e levou a melhor por decisão unânime. Antes, o invicto paulista Bruno Lopes finalizou o fluminense Mailton Azevedo com um katagatame ainda no primeiro round.

Com um agressivo monólogo, Jonas Bilharinho voltou a vencer após a derrota em sua última luta. O carioca impôs um verdadeiro castigo sobre o valente Pedro Lopes durante os três rounds, conquistando o triunfo por decisão unânime.

Irmão de Charles Do Bronx’s, Hermison Oliveira não foi páreo para o carioca Junior “Tratorzinho”, que venceu por decisão unânime. Da mesma forma, o paulista Rafael Costa, primo de Charles e Hermison, superou Wallace “Angolano”.

Na melhor luta da noite, Ediana Silva, a “Mel Pitbull”, e Amanda Torres Sardinha protagonizaram uma verdadeira batalha de três rounds, com muita ação e emoção. Melhor para “Pitbull”, que venceu por decisão unânime.

Confira abaixo os resultados completos:

LFA 136
Caraguatatuba, SP
15 de julho de 2022

Wellington Prado venceu Ítalo Gomes por decisão majoritária (29×27, 29×27 e 28×28)

Davi “Black” Costa venceu Eduardo Henrique da Silva por decisão unânime (30×27, 30×27 e 29×28)

Bruno Lopes finalizou Mailton Azevedo com um katagatame aos 4:49 do R1

Ediana Silva venceu Amanda Torres Sardinha por decisão unânime (triplo 30×27)

Jonas Bilharinho venceu Pedro Lopes por decisão unânime (triplo 30×24)

Rafael Costa venceu Wallace Lopes por decisão unânime (triplo 30×27)

Junior “Tratorzinho” Assis venceu Hermison Oliveira por decisão unânime (30×27, 30×27 e 29×27)

Jairo Pacheco venceu Rhalber Bernardo por nocaute técnico aos 4:33 do R2

Gabriel Souza finalizou Patrick Bittencourt com uma guilhotina aos 4:04 do R2

Ewerton Polaquini finalizou Alexandre Silva com um mata-leão aos 4:00 do R2

Dayane Cristine venceu Maria Eduarda Santana por decisão unânime (29×28, 29×27 e 29×27)