ADXC 4: Atletas falam sobre suas expectativas em coletiva de imprensa

0
141
Coletiva de imprensa aconteceu nesta quinta-feira - ADXC

Às vésperas do ADXC 4, que acontece neste sábado, 18, na França, a organização do evento promoveu uma coletiva de imprensa. Nesta quinta-feira, 16, os atletas se reuniram com os jornalistas e os fãs e tiveram a oportunidade de responder perguntas e falar sobre suas expectativas para as lutas.

Coletiva de imprensa aconteceu nesta quinta-feira – ADXC

Ao lado de Tareq Al Bahri, gerente geral da IVSM, sentaram-se à mesa oito dos competidores das principais lutas do torneio, apresentados por Hywel Teague. Benoit Saint Denis e Marc Diakiese, as estrelas do evento principal de grappling; Espen Mathiesen e Leon Larman, que lideram a luta principal do jiu-jitsu; Ffion Davies e Morgan Black, segunda luta principal de grappling; e por último, mas não menos importante, Leonardo e Khaled Alshehhi, da luta coprincipal de jiu-jitsu.

Um dos pontos altos da coletiva de imprensa foi ao discurso de Tareq, no qual ele falou sobre o ADXC e sua missão de melhorar o esporte e a vida de seus atletas. O gerente geral também destacou que os benefícios do esporte vão muito além dos ganhos físicos e como esta competição daria aos atletas locais a chance de alcançarem destaque no cenário internacional.

“Nossos principais objetivos com este torneio, que já está em sua quarta edição, é consolidar sua força e somá-la aos sucessos anteriores, melhorar as capacidades atléticas dos praticantes de Jiu-Jitsu e MMA e estabelecer nossa firme convicção na importância do o esporte e seu papel fundamental no apoio aos laços de amizade e convivência, especialmente entre os Emirados Árabes Unidos e a República da França. Estamos satisfeitos com a participação de 28 atletas masculinos e femininos de 15 países neste torneio que reunirá a elite do Jiu. -Jitsu e estrelas do grappling de todo o mundo, ao mesmo tempo que proporcionam uma maior oportunidade para os talentos europeus e franceses demonstrarem as suas capacidades enquanto competem a alto nível.”

Benoit Saint Denis e Marc Diakiese fazem a luta principal – Divulgação/ADXC

Passando para os competidores, um dos atletas mais populares da mesa foi o francês Benoit Saint Denis, que recebeu muitas perguntas ao longo da conferência, inclusive uma do seu adversário Marc Diakiese.

“É um privilégio estar aqui”, iniciou Saint Denis. “Ter um octógono montado no Dojo de Paris é um grande avanço para qualquer esporte de combate. Agradeço aos meus treinadores por me tornarem uma máquina de desempenho. Quero estar ativo durante a luta e aproveitar para mostrar as habilidades que venho aprimorando com meus treinadores, tudo isso enquanto me divirto. A vida é curta.”

“Você acha que vim aqui para brincar?”, retrucou Diakese. “Se eu te vencer aqui, você vai lutar comigo de novo, com socos? Estou confiante na vitória. As pessoas não têm visto muito da minha luta, e eu tenho lutado e lutado por muito tempo. Vim para provar minhas habilidades e dominar dentro do octógono. A pressão está toda sobre ele, precisa fazer uma boa atuação para sua torcida. Estou aqui para me divertir.”

Além das discussões acaloradas entre Saint Denis e Diakiese, a conferência também contou com declarações respeitosas e pontuais de Espen Mathiesen e Leon Larman, que se enfrentarão na luta principal do jiu-jitsu. Veterano do ADXC, Mathiesen deixou claro que usará sua experiência no torneio a seu favor.

“É bom vir de vitória no ADXC”, disse Espen. “Já lutei e venci nesse conjunto de regras, com três minutos em cada round. Meu objetivo é abrir meu jogo e correr atrás da finalização. Vou precisar correr alguns riscos e usar bem o meu jogo para equilibrar a vitória e o entretenimento dos torcedores”.

Enquanto isso, o francês Leon Larman está determinado a aproveitar a oportunidade para mostrar o alto nível do jiu-jitsu francês, levando alegria aos fãs locais.

“Fiquei emocionado com o convite”, abriu Larman. “O Jiu-Jitsu na França está sempre melhorando e esta é uma grande oportunidade de mostrar como nosso estilo funciona contra os melhores atletas do mundo. As regras do ADXC nos dão a chance de nos preocuparmos menos com posições e focarmos na finalização. receita certa para entreter os fãs.”

Liderando o coevento principal de grappling, Ffion Davies e Morgan Black veem o próximo duelo como uma chance de mostrar o melhor lado do jiu-jitsu feminino. Campeã em diversas organizações, incluindo o ADXC, Davies falou sobre sua carreira e como lutar no ADXC é especial para ela, já que o torneio apresenta uma plataforma na qual ela pode dar tudo de si sem a pressão habitual.

“É bom voltar a lutar na Europa”, disse Davies. “Lutei o ADXC em janeiro e foi incrível. É muito bom lutar neste momento da minha carreira. Não tenho aquela pressão dos primeiros anos como faixa-preta. Conquistei muita coisa e agora estou tendo divertido usando minhas habilidades.”

Para Black, o torneio não só lhe dá a chance de mostrar suas habilidades contra adversários de elite, mas também oferece uma boa oportunidade para levantar a bandeira do Jiu-Jitsu feminino, abrindo caminho para que a próxima geração ganhe melhor vida com o esporte.

“É a minha primeira vez em Paris e tudo é incrível”, disse Morgan. “Lutar contra o Ffion é uma boa maneira de ver onde estou em relação aos melhores do esporte e planejar os próximos passos da minha carreira. Comecei a treinar há 12 anos e passei de não ter muitas parceiras de treino femininas para nos ver chegando à luta principal dos grandes torneios. É muito bom ver o crescimento do esporte, como ele valoriza a competência e remunera bem seus atletas. É incrível ver e fazer parte disso.”

Leonardo Mario e Khaled Alshehhi – Divulgação/ADXC

Já para Leonardo Mario e Khaled Alshehhi, estrelas da segunda luta mais importante de Jiu-Jitsu, a próxima luta no ADXC representa uma chance atraente de mostrarem mais seus estilos de luta sem se preocupar com pontos enquanto buscam a finalização. Na verdade, Mario levou um passo adiante o espírito de não se preocupar com as coisas e não mediu palavras sobre suas expectativas para o duelo.

“Estou feliz por fazer minha primeira aparição no ADXC”, começou. “Meu jogo agressivo e focado na finalização me trouxe até aqui. Já finalizei Khaled antes e farei isso de novo para mostrar que sou um lutador melhor”.

Como ambos os lutadores são figurinhas marcadas no circuito da AJP, eles se conheceram na organização. Em resposta aos comentários de Mario, um Khaled mais calmo, mas ainda perspicaz, falou sobre sua estratégia de luta.

“Não sou muito falador, mas vou apoiá-lo”, revelou Khaled. “Ou vou para o pescoço ou para o pé. Não vou precisar me preocupar em passar a guarda ou ganhar pontos, estarei constantemente em busca de finalização.”

Para acompanhar todas as emoções do ADXC 4 ao vivo, siga a página @adxcofficial e acesse TX7.com. Confira o card completo abaixo.