Apostas no UFC 265: confira os odds e veja como investir em Aldo x Munhoz

As apostas no UFC 265 têm uma atração especial para a torcida brasileira: o confronto dos compatriotas José Aldo e Pedro Munhoz, co-main event da noitada de lutas deste sábado (7), em Houston (EUA). O duelo dos brasileiros no peso galo subiu de posição no card após o adiamento do aguardado combate entre Amanda Nunes x Julianna Peña – a Leoa pegou Covid-19 e teve de deixar o evento. Mesmo com esse desfalque, o UFC 265 destaca ótimas lutas, incluindo a disputa do título interino dos pesados, entre Derrick Lewis e Ciryl Gane, e três duelos envolvendo atletas brasileiros. 

Enquanto Gane é grande favorito a fechar a noite faturando o cinturão, as melhores casas de apostas esportivas da internet projetam um total equilíbrio no duelo entre José Aldo e Pedro Munhoz. O mesmo acontece no outro combate com presença de brasileiro no card principal, entre Vicente Luque e Michael Chiesa. A seguir, as cotações das lutas, fornecidas pelo Odds Shark e disponíveis para quem pretende apostar nos ganhadores no Bodog, um dos melhores sites do ramo (as cotações são da manhã desta quarta-feira, dia 4, e podem oscilar um pouco até a data do evento).

Peso galo – (R$ 1,87) José Aldo x Pedro Munhoz (R$ 1,95)

Vantagem mínima para o ex-campeão nas cotações das casas de apostas. Vitória de Aldo é garantia de lucro de R$ 1,87 para cada real investido no Bodog, ou seja, lucro de 87%, mas Munhoz não fica muito atrás, pagando R$ 1,95 para 1. Quinto colocado no ranking (Pedro é o nono), Aldo quebrou uma sequência de derrotas ao bater Marlon Vera no fim de 2020. Munhoz também venceu sua última luta, contra Jimmie Rivera. A grande maioria das lutas recentes de Aldo e Munhoz foi para a decisão por pontos. Se você está em dúvida sobre o palpite no ganhador, dá para investir simplesmente na premissa de que o duelo vai para a decisão dos jurados, com lucro de R$ 1,58 para 1 independente de quem seja o vencedor. 

Peso pesado – (R$ 3,70) Derrick Lewis x Ciryl Gane (R$ 1,27)

O campeão Francis Ngannou não quis ser escalado no UFC 265 e Dana White resolveu que Lewis e Gane lutariam pelo cinturão interino. É quase certo que o vencedor pegará o dono do título linear em seguida. O francês Gane é favorito disparado com odds de R$ 1,27 para 1, apesar de Lewis estar à sua frente no ranking (é o segundo, enquanto Gane é terceiro). Aos 31 anos, Gane jamais foi derrotado como profissional. O americano Lewis, de 36, vem de uma sequência de quatro vitórias. Um bom palpite aqui é vitória de Gane por nocaute, com um lucro de R$ 2,15 para 1.

Peso meio-médio – (R$ 1,90) Michael Chiesa x Vicente Luque (R$ 1,90)

Duelo entre o quinto (Chiesa) e o sexto (Luque) colocados do ranking oficial do UFC, o que significa equilíbrio absoluto segundo as casas de apostas: odds idênticos de R$ 1,90 para 1 para o americano e o brasileiro. Chiesa engatou quatro vitórias seguidas, uma delas sobre o brasileiro Rafael dos Anjos, enquanto Luque ganhou seus últimos três duelos, sendo que o último foi sobre o ex-campeão Tyron Woodley. Luta duríssima e sem favorito.

Peso galo – (R$ 1,47) Miles Johns x Anderson “Berinja” dos Santos (R$ 2,70)

Berinja teve seus dois últimos combates adiados por causa da Covid-19 – no primeiro, ele testou positivo, e no segundo, foi a vez de seu técnico ser diagnosticado com o vírus. Com odds de azarão no duelo com o americano Miles Johns, de 27 anos, Berinja, de 36, buscará sua segunda vitória no UFC (a primeira foi em 2020, sobre Martin Day).

Peso mosca feminino – (R$ 1,90) Victoria Leonardo x Melissa Gatto (R$ 1,90)

Mais uma luta sem favoritos envolvendo brasileiros, no caso a paulista Melissa Gatto, de 25 anos. Ela está invicta no MMA profissional e estreia no Ultimate diante da americana Victoria Leonardo, de 31 anos, cujo cartel é de oito vitórias e três derrotas. Aqui vale um investimento no potencial da brasileira, que está em ascensão e busca se firmar no UFC.

Confira todos os combates e as cotações do Bodog para o UFC 265, neste sábado (7/8), no Toyota Center, em Houston (em destaque, os lutadores brasileiros escalados para o evento nos EUA):

CARD PRINCIPAL (a partir das 23h, horário de Brasília)

Peso pesado – (R$ 3,70) Derrick Lewis x Ciryl Gane (R$ 1,27)

Peso galo – (R$ 1,87) José Aldo x Pedro Munhoz (R$ 1,95)

Peso meio-médio – (R$ 1,90) Michael Chiesa x Vicente Luque (R$ 1,90)

Peso palha feminino – (R$ 1,71) Tecia Torres x Angela Hill (R$ 2,15)

Peso galo – (R$ 1,95) Song Yadong x Casey Kenney (R$ 1,87)

CARD PRELIMINAR (a partir das 21h)

Peso leve – (R$ 3,25) Bobby Green x Rafael Fiziev (R$ 1,35)

Peso galo – (R$ 1,87) Vince Morales x Drako Rodriguez (R$ 1,95)

Peso meio-pesado – (R$ 1,40) Alonzo Menifield x Ed Herman (R$ 3,00)

Peso palha feminino – (R$ 1,80) Karolina Kowalkiewicz x Jessica Penne (R$ 2,05)

PRELIMINARES INICIAIS (a partir das 19h)

Peso mosca – (R$ 1,52) Manel Kape x Ode Osbourne (R$ 2,55)

Peso galo – (R$ 1,47) Miles Johns x Anderson “Berinja” dos Santos (R$ 2,70)

Peso mosca feminino – (R$ 1,90) Victoria Leonardo x Melissa Gatto (R$ 1,90)

Peso galo – (R$ 1,37) Johnny Muñoz x Jamey Simmons (R$ 3,10)

A seguir, as cotações atualizadas das apostas de longo prazo nas lutas mais esperadas do UFC para os próximos meses. Os odds também são do Bodog:

UFC Fight Night: Cannonier x Gastelum (21 de agosto, em Las Vegas)

Peso médio – (R$ 1,45) Jared Cannonier x Kelvin Gastelum (R$ 2,75)

UFC 266 (25 de setembro, em Las Vegas)

Peso pena – (R$ 1,52) Alexander Volkanovski x Brian Ortega (R$ 2,55)

Peso meio-médio – (R$ 2,05) Nick Diaz x Robbie Lawler (R$ 1,80)

UFC 267 (30 de outubro, na Ilha da Luta)

Peso meio-pesado – (R$ 1,40) Jan Blachowicz x Glover Teixeira (R$ 3,00)