BRA x EUA: Carlão Barreto sugere seleções e técnicos para desafio de Grappling 

Preguiça e Gordon Ryan seriam os protagonistas do confronto - Foto: Montagem
Preguiça e Gordon Ryan seriam os protagonistas do confronto – Foto: Montagem

*por Lucas Moreira

A polêmica do tapa do lutador Gordon Ryan no brasileiro André Galvão, ocorrido no dia 26 de fevereiro nos bastidores de um evento de Jiu-Jitsu no Texas, caiu como uma bomba no mundo virtual acirrando ainda mais a crescente rivalidade entre Brasil e EUA no mundo do No-Gi, que há muito tem sido alimentada pelo falastrão americano. Quem capitalizou em cima da ideia foi um dos principais veículos americanos dedicados ao mundo do Jiu-Jitsu, a FloGrappling, que na semana subsequente publicou uma arte em seu instagram propondo um confronto entre cinco lutadores de cada país. À exceção de Gordon Ryan, que declarou que o desafio só faria sentido se ele pudesse “enfileirar os cinco em sequência”, vários lutadores americanos e brasileiros usaram suas mídias sociais para aprovar a sugestão do veículo, se colocando à disposição do promotor que tiver interesse em tirar o confronto do papel. 

Posto isso, o Portal do Vale Tudo buscou o comentarista do canal Combate Carlão Barreto para analisar o assunto e escalar duas seleções com os cinco melhores lutadores e os dois melhores treinadores de cada país na atualidade.  Antes de escalar as duas seleções, porém, o faixa-preta fez questão de enfatizar que é contra esse tipo de promoção entre BJJ x AJJ, apesar de concordar que um confronto entre seleções é interessante do ponto de vista esportivo.  

“Pelo o que eu tenho observado esse assunto de American Jiu-Jitsu tem causado mais polêmica aqui no Brasil que lá nos Estados Unidos, e eu até entendo os motivos. Mas a questão que não pode ser esquecida é que todos esses atletas de American Jiu-Jitsu são faixas-pretas de Brazilian Jiu-Jitsu. O próprio Gordon Ryan treina na academia do Renzo Gracie”.

Com relação aos nomes sugeridos, o comentarista também fez questão de deixar claro que não está desmerecendo os lutadores que foram apontados em supostas equipes, mas, sim, colocando sua predileção. Segue a sugestão de Carlão Barreto. 

BRASIL x EUA 

Treinadores BRA: Mario Reis e Melqui Galvão               

Treinadores EUA: Eddie Bravo e John Danaher

Felipe Pena x Gordon Ryan

Isaque Bahiense x  Garry Tonon

Leandro Lo x Keenan Cornelius

Roberto Cyborg x Nicky Rodriguez

Paulo Myao x Nick Ryan