Com auxílio de Lyoto, Jacaré se se prepara para quebrar sequência de Holland após ‘não’ de Hermansson

Camp de peso de Ronaldo Jacaré – Foto: Arquivo Pessoal

De volta aos pesos médios após uma luta entre os meio-pesados, Ronaldo Jacaré enfrenta Kevin Holland no próximo dia 12 em Las Vegas, EUA. O confronto foi casado em meio a uma dança das cadeiras, já que Holland, originalmente, enfrentaria Jack Hermansson; e Jacaré, Marvin Vettori. Após testes positivos de Covid e adiamento das lutas, os confrontos foram trocados. 

Em entrevista ao PVT, o brasileiro revelou que a sua preferência era por um reencontro contra Jack Hermansson. Os dois se enfrentaram em abril do ano passado, quando o sueco levou a melhor por decisão unânime após três rounds de disputa. Desta vez, segundo Jacaré, o algoz preferiu não arriscar. 

“Eu me ofereci para fazer uma revanche contra o Hermansson, mas infelizmente ele não aceitou”, disse. 

Em relação à preparação para o combate contra Kevin Holland, que vem de quatro vitórias seguidas, Jacaré explicou que precisou alterar bastante coisa, já que seu par anterior, Marvin Vettori, possui características diferentes das do atual. 

“Fiz todo o meu camp baseado em um canhoto da minha altura, agora vou enfrentar um destro muito mais alto. Mas faz parte do jogo. Só quero lutar e voltar ao cenário das vitórias”, destacou Jacaré. 

O brasileiro convocou alguns reforços para este camp. Entre eles, o ex-campeão meio-pesado e ex-desafiantes dos médios Lyoto Machida. 

“Eu saí totalmente da minha zona de conforto neste camp trazendo caras realmente duros para me exigir ao máximo. Graças a caras como Joshua Marsh (Wrestling), Adrian Jaoude (treinador de Wrestling), Josuel Distak (treinador principal), Renan Problema e Lyoto Machida estou me sentindo muito bem. Respeito muito o Holland, que é um garoto muito duro, mas vou vencê-lo.”