Mesquita Combat coroa campeão de boxe em sua primeira edição

0
106
Café faturou título no boxe (Foto: Divulgação)

Antes de chegarem aos grandes palcos do mundo das lutas, os lutadores brasileiros precisam passar por testes de fogo no cenário nacional, sem pompas, nem bolsas milionárias, mas com desafios de alto nível. Exemplo disso foi o Mesquita Combat, realizado no último final de semana na cidade de mesmo nome, na Baixada Fluminense.

Café faturou título no boxe (Foto: Divulgação)

Na luta principal, Leonardo Café conquistou o cinturão de boxe do evento. O triunfo veio em luta contra João Lucas, a quem o novo campeão já havia vencido. O resultado na revanche se repetiu.

“Estou muito feliz com este com mais esta vitória. Dedico esse título à minha equipe, Mesquita Boxe Team, e minha família”, disse, bastante emocionado, o novo campeão. “É só o começo. Tenho uma grande jornada pela frente, mas em breve vocês me verão nos maiores palcos do mundo, com certeza”, avisou Café.

O evento também promoveu boas lutas de MMA. Entre os destaques está o jovem Mateus “I’m Ready”, promessa da Usina de Campeões. O peso-pena chegou à terceira vitória seguida no MMA, todas por nocaute técnico no primeiro round. A vítima da vez foi José Victor Lobão.

Na luta coprincipal, Rafael “Baby” finalizou Wellington Mexicano com um mata-leão no primeiro round. Isadora também finalizou a adversária, Jessica Leão, mas com uma americana no segundo round. No MMA amador, vitória de Guilherme Couto sobre Kaiki Borges por decisão unânime.

“Estou muito feliz! A casa ficou cheia. O evento foi incrível, todas as lutas foram de tirar o fôlego”, celebrou Bete Tavares, idealizadora do evento.