Patrício Pitbull e Mano Santana destacam a importância do Karatê para o MMA e como Borrachinha pode se beneficiar com a adaptação

O CONEXÃO PVT dessa quarta-feira recebeu Patrício Pitbull e o treinador de Karatê Mano Santana, que, além do duplo campeão do Bellator, também afia o jogo de Lyoto Machida, Henry Cejudo e, agora, Paulo Borrachinha. O peso médio do UFC foi um dos assuntos abordados durante a entrevista. Para Patrício e Mano, a noção de distância que o Karatê permite pode ser o que faltava no jogo do mineiro. 

Patrício Pitbull também falou sobre seus planos para 2021, que inclui três defesas do cinturão peso-pena; e novamente se colocou à disposição para abrir mão do cinturão peso leve caso o Bellator dê a disputa para seu irmão, Patricky, que detém atualmente a maior sequência de vitórias na categoria. O campeão também falou o que pretende fazer com o prêmio de 1 milhão de dólares do GP dos penas: apostar contra o campeão da categoria no UFC em uma superluta entre eles. 

Confira o bate-papo na íntegra: