Preso bandido que participou do assassinato de Diego Braga; criminoso detalhou execução

0
343

Segundo o portal g1, Tauã da Silva, conhecido como 2B, 18 anos, foi preso na manhã desta terça-feira e confessou participação no assassinato de Diego Braga, 44 anos, morto nesta segunda (15) depois de tentar recuperar sua moto roubada.

Segundo o que a polícia revelou ao g1, “2B” contou que Diego foi ao Morro do Banco, no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio, “desenrolar a entrega da moto” e que “quando pegaram o telefone dele viram que tinha contatos de milicianos de Rio das Pedras e da Muzema”. O lutador teria tentado correr, mas foi capturado e morto. Tauã confirmou que faz parte do tráfico de drogas e que afirmou que comparsas deixaram a favela após o assassinato de Diego.

Diego com o filho Gabriel (foto: reprodução)

Diego Braga iniciou a carreira no MMA em 2003, vencendo Jimmy Vianna no AEC (Arena Extreme Combat). Lutou até 2019, tendo enfrentado nomes como Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos.

Desde 2019, Braga se dedicou à carreira de professor e treinador. Em 2023, seu filho Gabriel Braga chegou à final do torneio peso-pena da PFL.