R1 Fighting Series III é marcado por nocautes relâmpagos

0
214
Reginaldo Jr. precisou de 26 segundos para definir sua luta - Divulgação/R1 Fighting Series

Com nocautes relâmpagos, o R1 Fighting Series realizou a sua terceira edição, na tarde deste domingo (03/9), no ginásio do Polvilho, no município paulista de Cajamar. Na luta principal, Reginaldo Júnior precisou de apenas 26 segundos para nocautear Leonardo Almeida com um direto.

Reginaldo Jr. precisou de 26 segundos para definir sua luta – Divulgação/R1 Fighting Series

Com o resultado,o meio-médio se recupera do resultado de sua última luta, em março deste ano, quando foi derrotado no LFA. Esta foi a sétima vitória do paulista em oito lutas como profissional. Com esse novo triunfo, ele provavelmente deve ganhar uma nova chance no LFA.

Se o nocaute de Reginaldo Júnior foi rápido, o de Fernando Henrique “Bad Time” sobre André Domingues foi rapidíssimo. Pela divisão dos galos, o paulista mandou o adversário para a lona com um cruzado em ínfimos 20 segundos de combate, anotando seu quarto nocaute e a sétima vitória em 10 lutas.

Quem também definiu tudo nos primeiros segundos de luta foi o peso-pena Gustavo Henrique Silva. Com apenas 32 segundos de combate, ele implodiu Samuel Cassimiro com uma sequência impiedosa de socos. Esta foi a quinta vitória de Gustavo em sete lutas, a quarta de forma consecutiva.

O R1 Fighting Series ainda teve outras três lutas definidas no primeiro round: Gabriel Ramos finalizou Matheus Araújo com um mata-leão a 1min16seg, Marlon Brito superou Lucas de Araújo por nocaute técnico a 1min21seg, e Luís Gabriel Oliveira, também por nocaute técnico, venceu Eduardo Andrade aos 4min06seg.

R1 Fighting Series 3
Cajamar, São Paulo
3 de setembro de 2023

Reginaldo Jr. venceu Leonardo Almeida por nocaute aos 0:26 do R1
Gabriel Ramos finalizou Matheus Araújo com um mata-leão aos 1:16 do R1
Eduardo Chaves venceu Willians Nogueira por decisão unânime
Marlon Brito venceu Lucas de Araújo por nocaute técnico aos 1:21 do R1
Ricardo Lima Jr. venceu Ryan Rubens por decisão unânime
Fernando Henrique venceu André Domingues por nocaute aos 0:20 do R1
Gustavo Henrique venceu Samuel Cassimiro por nocaute técnico aos 0:32 do R1
Luís Gabriel Oliveira venceu Eduardo Andrade por nocaute técnico aos 4:06 do R1