Rafael Carino destaca momentos marcantes de sua carreira e do cenário do jiu-jitsu e vale tudo dos anos 90

0
243

Quarto brasileiro a lutar no UFC, Rafael Carino relembrou ontem no Resenha PVT sua estreia no UFC 9 em 1996 quando pressões políticas contra o esporte obrigaram o show a proibir socos na semana do evento e o lutador que descumprisse poderia sair do octógono preso. Sexto dan de Andre Pederneiras, Carino falou ainda dos dois calotes em seis dias que levou lutando Vale Tudo no Brasil, de sua trajetória na arte suave, lembrou da chegada do Hall da Fama José Aldo na academia, quando ainda dormia no tatame e dependia dos amigos pra se alimentar, e revelou como tem usado o jiu-jitsu como ferramenta para combater a adicção.