Rafael Coxinha foca em título do LFA para poder cobrar promessa feita por Dana White

0
76
Coxinha é especialista em karatê (Foto: Leonardo Fabri)

Rafael Coxinha, 24 anos, enfrenta Jonas Bilharinho, 31, na luta principal do LFA 126, dia 11 de maio, na Barra da Tijuca, no Rio, valendo o cinturão peso-pena do evento norte-americano e, possivelmente, um contrato com o UFC. Isso porque ambos já estiveram próximos de serem contratados pela companhia presidida por Dana White.

Coxinha é especialista em karatê (Foto: Leonardo Fabri)

Bilharinho aplicou um dos nocautes mais bonitos do “Dana White’s Contender Series”, em novembro. Embora o contratado não tenha aparecido naquele momento, ele escreveu seu nome no radar. Coxinha, por sua vez, em sua estreia no LFA, em 2019, venceu sob os olhares do presidente do UFC, que prometeu que eles fariam muito dinheiro juntos.

“Se Deus permitir, vencendo esta luta, eu vou pedir para ele cumprir essa promessa de dois anos e meio atrás. Lembro que ele disse que eu era jovem e que me pediu para eu melhorar ainda mais que ele iria me contratar. Fiz o combinado, venho me dedicando desde então e agora sinto que estou na minha melhor versão para esta luta”, afirmou Coxinha.

O faixa-preta de karatê revelou que o confronto contra o especialista em muay thai Jonas Bilharinho é a sua luta dos sonhos, pois, devido ao estilo de luta do oponente, ele poderá colocar em jogo as suas melhores armas.

“Desde muito tempo eu penso nesta luta. Sempre fui muito observador e sempre imaginei uma luta contra ele, já pedi muito em orações. Quando vi que ele não entrou no UFC, eu sabia que nossos caminhos iriam se cruzar”, contou o paulista de São José do Rio Preto.

Em relação ao que espera do confronto, o representante da equipe Maquininha do Futuro pregou respeito a Bilharinho, mas mostrou bastante confiança em seu karatê.

“Somos dois caras da luta em pé. Acredito que as chances são de 50% para cada lado, mas eu acredito muito na minha raiz. Estou com a cabeça muito boa, treinei muito bem, tive um camp excelente e, se não estou um passo à frente, estou pelo menos mais confiante. Mesmo sendo um confronto equilibrado, eu acredito muito no meu karatê”, destacou.

Em uma entrevista recente, Jonas Bilharinho afirmou que estudou bastante o jogo de Rafael Coxinha e está preparado para rechaçar as investidas do karateca, que, por sua vez, promete surpreender o oponente.

“Se ele mapeou meus golpes, é bom para mim, porque ele vai vir baseado nesse jogo, então vou ter o fator surpresa. Embora ele tenha estudado minhas lutas, ele nunca lutou comigo. Sem falar que agora estou no meu melhor momento, bom de cabeça, confiante, com tempo para treinar. Ele sempre teve tempo para treinar; eu nunca tive. Se ele mapeou meu jogo, é muito bom, porque eu posso surpreendê-lo”, avisou.

Os ingressos para assistir ao LFA 126 já estão à venda no site https://vamoapp.com/events/11257/lfa-126. Utilize o código RAFAELBARBOSA para prestar apoio a Coxinha. O evento terá transmissão ao vivo pelo Canal Combate e pelo SporTV 3.

Confira abaixo o card do evento:

LFA 126
Complexo Ribalta, Rio de Janeiro-RJ
Sexta-feira, 11 de março de 2022

Peso-pena: Jonas Bilharinho x Rafael Coxinha
Peso-meio-médio: Gabriel Marretinha x Eduardo Garvon
Peso-leve: Ismael Bonfim x Andrey Augusto
Peso-pesado: André Vieira x Eduardo Neves
Peso-meio-pesado: Rodolfo Bellato x Thiago Vieira
Peso-mosca: Inaildo Santos x Mateus Brauns
Peso-pena: Gabriel Braga x José Delano