RFT tem semanas decisivas com luta por cinturão e atleta na mira do UFC

0
203
Valentina, Cromado e Alfredo defendem a bandeira da RFT - Divulgação

Os próximos meses serão agitados para a Renovação Fight Team (RFT). Lutadores da tradicional equipe de Luta Livre têm compromissos importantes com disputa de cinturão e duelos que podem deixá-los perto de uma possível chegada ao UFC. O primeiro grande compromisso do time acontece no próximo sábado (10). O chileno Alfredo Muaiad vai disputar o cinturão do peso-mosca do ROK 6, que acontece em Santiago (CHI), em confronto diante do brasileiro Roque Jr. Líder da RFT, Márcio Cromado fez questão de exaltar seu pupilo e reforçar a sua confiança nesta conquista.

Valentina, Cromado e Alfredo defendem a bandeira da RFT – Divulgação

“O Alfredo veio do Muay Thai, mas tem trabalhado muito a parte de chão. O Roque Jr. é um lutador de Muay Thai, gosta de chutar bastante. Ele (Roque) é novo e vem de vitórias lá no Chile. Tenho certeza que será uma guerra de cinco rounds, mas nós estamos trabalhando para essa guerra. A ideia é o Alfredo conquistar esse cinturão para a RFT”, disse Cromado.

O show no Chile também vai ter a presença de Valentina Escobar, esposa de Alfredo, que vai em busca da manutenção de sua série positiva no MMA que já dura quatro compromissos. A lutadora, que inicialmente não estaria no evento, pois tinha luta marcada no MMA Global – que acabou cancelada – entrou na edição para encarar Pilar Taboada na categoria até 52kg. De acordo com Cromado, em caso de mais um triunfo de sua atleta, ela já pode encaminhar sua chegada ao UFC.

“A Valentina é o protótipo perfeito para estar em breve no UFC, porque ela está indo para a quinta luta e, com certeza, vai para a quinta vitória – e também porque eles (UFC) estão de olho nela. Eles ainda não tem lutadora chilena no plantel deles. Tenho certeza que se ela fizer um bom trabalho, vamos conseguir isso”, adiantou.

Sobre o combate, Cromado destacou que eles tiveram pouco tempo para estudar sua adversária. Por isso, o treinador afirmou que a sua ideia é não correr riscos e aproveitar o que Valentina tem de melhor para sair com mais um resultado positivo.

“Vamos para uma luta de segurança e não dar brecha em nada. Creio que a Valentina vai querer trabalhar a trocação para amadurecer essa área, mas a minha ideia – e o que estamos conversando – é para fazer uma luta de segurança, para não dar sopa para o azar”, completou.

Além de Alfredo e Valentina, a RFT também vai ter mais dois lutadores em ação nas próximas semanas. No dia 17 de junho, Victor Lobão e Victor Buldoguinho vão participar da quarta edição do MAC. Lobão vai participar do GP até 61kg e o Buldoguinho enfrenta o atleta da BTT Lincon Santos. Já no dia 7 de julho, Jefferson Toddynho encara Italo Gomes no LFA, que acontece em São Paulo.