Seleção brasileira de boxe conquista 4 medalhas de ouro no Belgrado Winner, na Sérvia

0
116
Seleção Brasileira deu um show na Sérvia - Divulgação/CBBoxe

O Brasil conquistou quatro medalhas de ouro e uma de prata no tradicional Belgrado Winner de boxe. A delegação brasileira tinha cinco atletas nas finais do torneio e conseguiu vencer quatro lutas neste domingo (2), no último dia do evento. Luiz Gabriel Oliveira, Wanderley Pereira, Wanderson Oliveira e Keno Machado foram campeões do torneio, enquanto Abner Teixeira ficou com a medalha de prata.

Seleção Brasileira deu um show na Sérvia – Divulgação/CBBoxe

O primeiro brasileiro a entrar em ação foi Luiz Gabriel Oliveira, pela categoria até 57kg. Ele dominou o combate contra o italiano Michele Baldassi desde o início, garantindo a vitória nos dois primeiros rounds. Assim, Luiz apenas administrou a luta no terceiro assalto para confirmar a vitória por unanimidade.

Em seguida, foi a vez de Wanderley Pereira enfrentar o russo Beshto Shavlaev na decisão dos 80kg. O duelo foi parelho no início, com os juízes dando um round para cada lado. Mas no terceiro período, o brasileiro estava melhor fisicamente e partiu para cima do russo. No minuto final, Wanderley encaixou um cruzado no adversário que foi para a lona. O árbitro chegou a abrir contagem, mas logo depois o duelo foi encerrado com vitória unânime do brasileiro.

Na final dos 71kg, Wanderson “Shuga” Oliveira enfrentou Igor Rogic, da Sérvia. O brasileiro dominou a luta para confirmar a terceira vitória por 5 a 0 do Brasil neste domingo.

Na sequência, Keno Machado derrotou Miladin Kostic, também da Sérvia, por unanimidade.

Na luta que fechou o torneio, Abner Teixeira perdeu na final da categoria super pesado (+92kg). O ouro ficou com o francês Djamili Moindze em uma decisão dividida dos juízes.

Balanço do torneio

“Nós estamos satisfeitos com o desempenho físico, técnico e tático da equipe. Agora é voltar para o Brasil e fazer os ajustes para viajar para o Uzbequistão dez dias antes do Mundial. Estamos indo fortes”, analisou Mateus Alves, head coach da seleção olímpica permanente do Brasil. O Mundial Masculino de boxe acontece entre os dias 30 de abril e 14 de maio em Tashkent, no Uzbequistão.

O Brasil terminou na liderança do quadro de medalhas do torneio masculino do Belgrado Winner, com quatro medalhas de ouro e uma de prata. França, Rússia e Sérvia levaram as outras medalhas douradas, com três cada. Ainda teve premiação para o Brasil, com Wanderson Oliveira sendo eleito o destaque da competição.