Shooto Brasil se despede de 2022 com dois novos campeões e um veterano consagrado

0
183
Manchinha defendeu o título dos leves - Foto: Shooto Brasil

Em sua despedida de 2022, o Shooto Brasil, em sua 114ª edição, realizada na Upper Arena, no Rio de Janeiro, coroou dois novos campeões e consagrou um veterano do MMA. Os novos donos de cinturão são Brendson “Gorilla” e Paula Bittencourt; e o “velho” campeão é Thiago Manchinha.

A luta principal foi definida no primeiro round. Após ficar em desvantagem, sendo alvejado por João Paulo “King” no ground and pound, Brendson “The Gorilla” sobreviveu, se recuperou e venceu o combate por nocaute técnico, conquistando o cinturão dos meio-pesados da organização.

Antes, na penúltima luta da noite, Paula Bittencourt dominou as ações diante de Daiana Torquato durante os cinco rounds de disputa, com ênfase nos chutes aplicados na coxa, e foi declarada vencedora por decisão unânime, faturando o cinturão peso-galo feminino do Shooto.

Manchinha defendeu o título dos leves – Foto: Shooto Brasil

Aos 36 anos, o veteraníssimo do MMA Thiago Manchinha mostrou que ainda tem lenha para queimar. Pior para Lucas Ananias, que acabou finalizado com um mata-leão no quinto round. Com a vitória, Manchinha manteve o título dos leves, que irá defender no ano que vem contra Junior Luiz.

Confira abaixo os resultados do evento:

Shooto Brasil 114
Upper Arena, Rio de Janeiro
16 de dezembro de 2022

Brendson “The Gorilla” Ribeiro venceu João Paulo “King” Fagundes por TKO no R1
Thiago “Manchinha” finalizou Lucas Ananias com um mata-leão no R5
Paula Bittencourt venceu Daiana Torquato por decisão unânime
Elvis Silva venceu Rogério Furtado por decisão unânime
Matheus Malta venceu Eduardo Castro por decisão dividida
Rangel “Anaconda” de Sá venceu Evaldo Bolachinha dos Santos por TKO no R1
André “Bebessauro” venceu André “Monstro” por TKO no R2
Maurício Almeida finalizou Wellington “Lobo” com um triângulo no R1
Mike Davidson venceu Alisson Meira por KO no R1
Aridriano “Pouca Carne” venceu Cristain “Mosquito”Ferreira na decisão unânime
Marcão “Predador” venceu Isac “King” Silva por TKO no segundo round
Lucas Caldas venceu Rafael Francelino por TKO no primeiro round