Treinador de Whittaker analisa duelo contra Borrachinha: “Um é mais forte, outro é mais rápido”

0
203

Treinador de Robert Whittaker, Alex Prates foi o entrevistado do Conexão PVT desta terça e analisou o duelo de seu pupilo contra Paulo Borrachinha, no UFC 284, evento que promete ser grandioso na Austrália, dia 11 de fevereiro de 2023.

“Borrachinha é perigoso e tem muito poder de nocaute, é mais forte, mas Robert se move melhor, mais rápido, tem melhor wrestling e melhor jiu-jitsu. Tenho certeza de que ele conseguirá uma vitória impressionante para seu povo e terá a chance de disputar o cinturão contra Adesanya ou Poatan”, disse o brasileiro.

Prates citou o duelo entre o campeão Israel Adesanya e Alex Poatan no UFC 281, dia 11 de novembro. O treinador afirmou que o plano era enfrentar o vencedor da disputa. Porém, sem saber se o UFC realmente escolheria Whittaker como próximo desafiante, a equipe acabou escolhendo manter o atleta ativo, e de quebra lutando em casa, em card que ainda pode ser o recém-coroado Islam Makhachev fazendo um duelo de campeões contra Alexander Volkanovski.

“Não tenho certeza sobre a capacidade do estádio em Perth, mas realmente acredito que tem a chance de bater o recorde de público”, disse Prates, analisando a possível luta principal: “Acredito que Volkanovski pode trazer problemas para Makhachev em uma luta em pé. Se Alex conseguir sobreviver ao jogo de chão de Makhachev nos dois primeiros rounds, eu diria que ele vai nocauteá-lo. A questão será sua capacidade de sobreviver a esse jogo de quedas no começo”, analisou o brasileiro.

Abaixo, a entrevista completa no Conexão PVT.

https://youtu.be/01LLAZj1eJA