Treinador de Whittaker explica por que equipe negou revanche contra Adesanya para junho

0
97

Head Coach de Robert Whittaker, o brasileiro Alex Prates conversou com o PVT nesta terça-feira, dia 27, diretamente do quarto de hotel em Sydney onde cumpre a quarentena obrigatória para retornar à Austrália. O treinador falou sobre a vitória sobre Kelvin Gastelum no último dia 17 e explicou por que, em uma decisão da equipe do ex-campeão, foi recusado o convite do UFC de fazer a revanche contra Israel Adesanya valendo o cinturão dos pesos médios no dia 12 de junho. 

Alex Prates afirmou também que Robert Whittaker vai esperar o vencedor de Israel Adesanya e Marvin Vettori, que entrou em seu lugar. De acordo com o treinador, o único receio é de que o italiano vença a luta e o UFC decida dar a revanche imediata ao nigeriano. Alex Prates também deu conselhos a Paulo Borrachinha, que pode ser escalado para enfrentar Darren Till, Derek Brunson ou Jared Cannonier, todos os três que já enfrentaram Robert Whittaker e acabaram derrotados.