Vídeo: Patrício Pitbull revela pedido feito ao Bellator e fala da possibilidade de defender cinturão no Brasil

0
94

Patrício Pitbull revelou durante o CONEXÃO PVT desta terça-feira que já notificou o Bellator sobre seus planos: ou a trilogia contra A.J. McKee ou a descida para a disputa do cinturão dos galos. 

A segunda opção é mais difícil, tendo em vista que O GP da categoria ainda está em jogo. Entretanto, o campeão dos penas acredita que, mais cedo ou mais tarde, irá tentar este título, o que, se acontecer, será o terceiro em divisões diferentes – ele já foi campe ao dos leves. 

Sobre McKee, Pitbull garante que não se negará a enfrentá-lo novamente na casa do americano, mas que a sua preferência é lutar numa possível edição no Brasil. Por falar nessa possibilidade, o potiguar revelou que empresários do Sul do país estão negociando um evento do Bellator na região. Para o campeão, o ideal seria realizar o show em Natal, cidade que possui dois campeões: ele e o irmão, Patricky.

“Sei que os empresários são do Sul, mas espero que olhem com carinho para Natal; afinal, temos 2 campeões e o público lotaria a nossa maior arena para nos assistir”, acredita.

Pitbull comentou ainda a possibilidade de enfrentar José Aldo numa luta de boxe no FMS ou em uma promoção da Showtime, parceira do Bellator; e deu seus pitacos sobre a possibilidade remota de Charles Oliveira lutar no UFC Rio enfrentando o campeão dos penas Volkanovski. 

A pouco mais de um mês para a disputa de cinturão dos leves entre seu irmão e Usman Nurmagomedov, Patrício revelou que o Kennedy Monday, filho do lendário campeão de wrestling Keny Monday, está sendo peça fundamental no camp de Patricky. 

“Ele está imitando muito bem o jogo do Usman. Tenho certeza que ele nunca lutou com alguém com o peso da mão do meu irmão. Se tivesse que apostar num resultado seria nocaute no 2o ou no 1o round”, finalizou Pitbull.

https://youtu.be/gKm9dbblGRA