Wallid Ismail garante: ‘Adesanya amarelou; perdeu a luta na encarada’

Empresário de Paulo Borrachinha, Wallid Ismail participou do CONEXÃO PVT dessa quarta-feira, e falou sobre o clima nos últimos dias que antecedem a tão aguardada disputa de cinturão entre o peso médio brasileiro e o atual campeão, Israel Adesanya, que, de acordo com o manager brasileiro, não estaria tão à vontade para o duelo. 

“Ele amarelou. Ele praticamente perdeu a luta ontem”, afirmou Wallid, se referindo ao encontro entre o nigeriano e o brasileiro na chegada do hotel em Abu Dhabi. “Ele foi muito ‘cara legal’, não é possível… tem alguma coisa errada ali. Ele não pode ser tão amarelão. Eu falei para o Borrachinha se preparar porque ele deve estar armando alguma coisa, porque um falastrão daquele, quando chega pessoalmente, não pode querer ser um ‘cara legal’.”

Wallid também afirma ter constatado que Israel Adesanya não é o bicho-papão que muitos dizem.

“Adesanya é um golpista. Não tem a altura que (dizem que) tem, não tem o talento (que dizem) que tem e não tem a precisão que (dizem que) tem. Os golpes do Borrachinha são mais precisos, porra!”

Em tom de desabafo, Wallid rebateu aqueles que dizem que Borrachinha se resume em um lutador ‘apenas com força física’, e comparou as críticas sofridas pelo peso médio do UFC com as que ele recebia na época de lutador. 

“O vagabundo diz que o cara que é muito bom atleta é apenas forte. Eu passei por isso; as hienas vagabundas falavam que eu só era forte… forte é o caralho, eu era técnico, porra. Eu vejo isso no Borrachinha. Lógico, o Borrachinha tem um talento excepcional”.

Assista à entrevista completa no vídeo abaixo; se preferir assistir apenas ao resumo, acesse @portaldovaletudo no Instagram.