Após performance brilhante no LFA, Rafael ‘Mini Man’ manda recado ao UFC

0
183
Mini Man precisou de apenas 51 segundos para conquistar a vitória - LFA Brasil

Rafael “Mini Man” foi um dos destaques do LFA 175, realizado no último final de semana. O peso-galo da CMSystem não apenas venceu a revanche contra Fernando “Ben 10”, como também deu um show. Isso em apenas 51 segundos, tempo suficiente para ele aplicar um knockdown e finalizar com um mata-leão.

Mini Man precisou de apenas 51 segundos para conquistar a vitória – LFA Brasil

“Durante o aquecimento eu senti que dificilmente ele ficaria em pé caso minha mão tocasse nele, eu estava muito confiante no meu punch, mas eu não esperava que fosse logo no primeiro soco. Mesmo assim mantive a calma, pois sabia que se ele se levantasse de novo eu o derrubaria novamente”, revelou o lutador.

Até ser abatido por Rafael “Mini Man”, Fernando “Ben 10” vinha de uma invencibilidade de mais de cinco anos, com direito a 11 vitórias consecutivas no período e as conquistas dos cinturões dos eventos Federação Fight e do SFT, o que, para muitos, lhe dava o posto de número 1 da categoria no país.

“Um rei deve cair para que um novo reinado se inicie. Ele era o melhor da categoria e, talvez, um dos melhores atletas de MMA do Brasil. Vinha de três disputas de cinturão e vitórias avassaladoras. Sempre deixei bem claro que eu tomaria essa coroa dele, e hoje eu posso afirmar: temos um novo rei”, se autoproclamou.

O triunfo ainda teve um outro sabor especial. Além da coroa, o novo rei ainda pôde devolver a primeira derrota de sua carreira. Ainda no ano de 2016, em sua terceira luta como profissional, “Mini Man” foi superado por “Ben 10” em um combate bastante disputado, definido apenas na decisão dividida.

“O meu time foi essencial nessa conquista, eu estava aposentado e já havia desistido do MMA quando tive a oportunidade de vir para a CMSystem. E eu vim sabendo que tudo que está acontecendo hoje seria possível, pois é só olhar os resultados da equipe”, recordou o mineiro de Sete Lagoas.

Agora, aos 26 anos de idade e um cartel de 11 vitórias em apenas quatro reveses, Rafael “Mini Man” espera ser notado pelo maior evento de MMA do mundo. Inclusive, ainda dentro do cage após a vitória de sábado, ele mandou um recado em inglês para a cúpula do UFC.

“A todo o time do UFC, eu peço que analise minhas últimas lutas, a maneira como me apresentei e fiz lutas difíceis parecerem fáceis! Eu sou o cara que vocês querem. Me deem uma oportunidade e verão ainda mais. Pode ser contra qualquer um, mas que seja duro para eu mostrar meu trabalho da melhor maneira”, propôs.