Bruno Blindado explica por que evita fazer amizade com lutadores pesos médios e comenta encontro com André Sergipano

Fora do octógono, Bruno Blindado não parece nem de longe aquele lutador agressivo que mandou todos os três adversários que enfrentou no UFC para a lona. Bastante extrovertido, o paraibano revelou que prefere não criar relação com adversários e possíveis adversários educados para que isso não afete seu instinto assassino durante a luta. Foi assim com seu último adversário, Jordan Wright, e com o compatriota André Sergipano, que conseguiu se aproximar de Blindado nos bastidores do último evento. O próximo compromisso do atleta da Evolução Thai é contra Alex Poatan no UFC do dia 12 de março.