Carioca Léo Jason é destaque na estreia do Centurion FC no Brasil

0
105
Leo Jason levou a melhor - Divulgação

Com casa cheia e lutas emocionantes, o Centurion FC estreou no Brasil na última sexta-feira, 26, no Rio de Janeiro. Um dos destaques foi o carioca Leonardo Santana, que venceu Romanti Marrota em um dos melhores duelos da noite.

Leo Jason levou a melhor – Divulgação

Apelidado de Jason, em referência ao famoso assassino fictício dos filmes de terror, Léo se apresentou ao público vestido com a tradicional máscara do personagem. Mas a semelhança não ficou somente na vestimenta. Com um estilo bastante agressivo – e às vezes até provocativo -, o lutador aterrorizou o seu adversário durante os dois rounds e deixou o público em êxtase. O nocaute veio após uma sequência certeira de cotoveladas, que abriu cortes profundos no rival e obrigou o árbitro a interromper o combate.

“Estou muito feliz com essa vitória, principalmente por ter conseguido dar um grande show ao público. Essa era uma preocupação minha. Quero ficar marcado não só pelas vitórias, mas por fazer lutas emocionantes, para frente, que dê aos fãs e aos organizadores o que eles querem”, afirmou Léo Jason.

Emplacando mais uma vitória na carreira, Léo estava afastado dos cages desde 2021 para se dedicar à carreira militar. Agora, aos 27 anos, ele quer correr atrás do tempo perdido para alcançar seus objetivos dentro do MMA.

Para isso, conta com a experiência dos treinadores Alexandre Baixinho, Eduardo Simões, Aloísio Dado e Bernardo Benje, além do médico Dr. Gustavo Dutra, seus preparadores físicos Mauricio Caminha e Wander Vicente e toda sua equipe de treino para ajudá-lo nessa caminhada.

“Tenho muita coisa pela frente, fiquei esse tempo parado, dividia a vida de atleta com a de militar e isso acabava atrapalhando. Agora meu foco é total na minha carreira de lutador, estou em uma equipe que é referência no mundo da luta e montei um staff para me ajudar a alcançar meu melhor desempenho. Tenho certeza que coisas boas virão pela frente e conseguirei realizar meu sonho de lutar no UFC”.