Com a proposta de formar ídolos no MMA, R1 Fighting Series anuncia 2ª edição

0
195

Fundado este ano não apenas para dar oportunidades diretas aos talentos do MMA brasileiro como também ajudá-los a se moldar conforme as exigências atuais desse mercado bilionário, o R1 Fighting Series (@r1fightingseries) anunciou a sua segunda edição para o dia 28 de maio, na cidade paulista de Caraguatatuba.

A ideia, segundo o presidente deste novo evento, Rafael Feijão, é formar lutadores completos desde a base. Completos no sentido de serem ídolos tanto dentro quanto fora do cage, para que possam ser produtos interessantes para os maiores eventos do mundo e, consequentemente, valorizados como tal.

“Já passei por todas as fases: fui lutador, treinador, empresário e agora sou promotor de eventos. Toda essa experiência me fez notar a necessidade de atentar aos nossos talentos para que não sejam apenas bons lutadores, que não se preparam apenas para as lutas, mas sim para viverem a carreira”, destacou Feijão.

“O R1 não tem interesse em atletas que só querem treinar e lutar. A gente quer interessados em aprender outras ferramentas, em investir tempo estudando e se preparando mentalmente para os desafios. Quantos talentos a gente viu ficar pelo caminho por não saberem lidar com a carreira? Eu vi muitos”, completou.

Quando cita a importância dos lutadores se preparem para atuar nos maiores palcos do mundo, Rafael Feijão se refere a pontos cruciais do profissionalismo, como cumprir horários e deveres, e outros que no MMA atual são indispensáveis para separar simples lutadores de grandes ídolos.

“Muitos lutadores perdem oportunidades por falta de preparo. Falar inglês hoje em dia é quase tão importante quanto saber uma luta. Às vezes o cara está ao lado de alguém que pode mudar sua vida, como o presidente do UFC, e não consegue se comunicar. O lutador tem que estar pronto a todo o momento”, atenta o ex-lutador.

“E quando eu falo que o lutador tem que está pronto a todo o momento, eu não me refiro a estar pronto para lutar dentro do cage, eu quero dizer lutar para evoluir, lutar por um contrato melhor, para crescer na carreira e na vida. É por isso que a peneira do R1 é bem fina. Não queremos lutadores, queremos atletas”, avisa.

A primeira edição do R1 Fighting Series foi em março deste ano, apenas com lutas amadoras. O card da segunda edição será uma mescla entre lutas profissionais e amadoras. Rafael Feijão, que também preside o LFA na América do Sul, comentou sobre a parceria entre os dois eventos.

“Apesar das oportunidades que o LFA dá aos lutadores brasileiros, ainda não é o suficiente. A gente fecha os cards e sempre sobra bons lutadores. O R1 veio justamente para dar mais oportunidades. Vamos dar estrutura para quem está começando e para quem precisa se recuperar”, explicou o presidente do evento.

“Também vamos dar a importância que o MMA amador merece. Muitos talentos são queimados por já iniciarem a carreira contra verdadeiros leões. Vamos dar oportunidade para as próximas gerações respeitarem o processo, passo a passo até chegarem nos grandes eventos internacionais preparados”, enfatizou.

As lutas da segunda edição do R1 Fighting Series serão disponibilizadas no canal da companhia no youtube. As da primeira edição já estão lá disponíveis. Para os próximos eventos, a companhia já negocia com canais de TV e plataformas de streaming para transmissão ao vivo.

A luta principal do R1 FS 2 será entre o invicto Inglesson de Lara, que chega com um cartel de seis vitórias em seis lutas, e Ícaro Brito, com cinco vitórias e uma derrota, pelos pesos-penas. O card da divisão amador ainda está sendo trabalhado e será anunciado em breve pela organização.

Confira abaixo o card da próxima edição:

R1 Fighting Series 2
CIDE Casa Branca, Caraguatatuba, SP
Domingo, 28 de maio de 2023

Card profissional:

Peso-pena: Inglesson de Lara x Ícaro Brito
Meio-médio: André Soares x Geovanis Palacios
Peso-mosca: Marcus Vinicius Ferreira x André Lima
Peso-mosca: Daniela Antonelli x Waleska Sousa
Peso-mosca: Werick Douglas x Willians Nogueira
Peso-palha: Thayla Martinelli x Adrielle Castro

Card amador:

A ser anunciado.