Depois do Gongo: Rafael Cordeiro analisa UFC 255 e fala sobre volta de Mike Tyson

Logo após as derrotas de Maurício Shogun, Ariane Lipski e Jennifer Maia e a vitória de Deiveson Figueiredo na luta principal do UFC 255, o líder da Kings MMA, Rafael Cordeiro entrou ao vivo conosco no Depois do Gongo para analisar a noite brasuca.

Rafael se negou a cogitar a aposentadoria de Shogun e elogiou bastante a atuação de Jennifer Maia que, apesar da derrota por pontos, entregou uma excelente luta com a campeã Valentina Shevchenko. Levando em conta que a também paranaense Jessica Andrade pode ser a próxima desafiante, Rafael a aconselhou a focar no sistema defensivo e, diante da atuação dominantes do campeão dos moscas, Deiveson Figueiredo, apostou num longo reinado do campeão.

Eleito o maior trenador de MMA do mundo por dois anos consecutivos, Rafael falou ainda da chegada de Werdum a Los Angeles neste fim de semana e da expectativa para sua estreia na PFL. Comentou também a volta vitoriosa de Rafael dos Anjos ao peso leve e de Alex Poatan ao MMA.

Mike Tyson, que Volta aos ringues no próximo sábado contra Roy Jones Jr, também esteve em pauta. Durante quase 9 minutos, Cordeiro destrinchou seus treinos diários, trouxe detalhes de seus últimos sparrings e garantiu que não acredita que o ex-campeão subirá ao ringue para uma luta “exibição”. Cordeiro falou ainda de sua relação de amizade com Mike e disse acreditar que o ex-campeão possa voltar a lutar com Holyfield e também contra grandes nomes do boxe na atualidade como Tyson Fury.

A entrevista completa você acompanha no vídeo acima.