Desafios entre estados e países consagram campeões no Mundial de Jiu-Jitsu

0
58
O grande destaque foi a Seleção FSMJJ - Divulgação/ISBJJA

Realizado no último fim de semana (dias 30º de setembro e 1º de outubro), na Arena Carioca 1 do Parque Olímpico, Barra da Tijuca-RJ, o Mundial de Jiu-Jitsu – Gi & No-Gi – da ISBJJA / CBJJD fechou com chave de ouro o ranking 2022/23 do Circuito Nacional Mineirinho, reunindo centenas de atletas e dezenas de equipes em uma verdadeira festa da arte suave.

O grande destaque foi a Seleção FSMJJ – Divulgação/ISBJJA

Entre as equipes, o grande destaque foi a Seleção FSMJJ – representando o estado do Mato Grosso do Sul -, que conquistou o título no juvenil/adulto/master e nas disputas No-Gi. Já do pré-mirim ao infanto-juvenil, o primeiro lugar ficou com a Cesar Maillet Team, com a Seleção FSMJJ na segunda posição (resultados completos abaixo).

Os Desafios RJ x MS, Brasil x Chile, Novos Talentos, Master Black Belt e Black Belt No-Gi foram uma atração à parte, com diversas superlutas de alto nível e campeões consagrados. Na disputa Brasil x Chile, melhor para os chilenos, que venceram por 3 a 2. Já o Rio de Janeiro, também por 3 a 2, derrotou Mato Grosso do Sul no duelo entre estados.

Victor Vasquez, capitão do time do Chile, comemorou a vitória, ainda mais com ele desempatando na última luta: “Estava um placar de 2 a 2 e graças a Deus consegui impor o meu jogo e sair com a vitória. Foi uma conquista muito importante não só para a equipe do Chile que trouxemos, mas para alavancar ainda mais o Jiu-Jitsu no país, em processo que começou com as entradas de CBJJD e ISBJJA através do presidente Rogério Gavazza. Realizamos duas competições este ano e já estamos trabalhando na organização do Sul Americano, dia 9 de dezembro, em Santiago (CHI)”, disse o faixa-preta chileno.

No masculino adulto faixa-preta, o show ficou por conta de Renan Rodrigues, da equipe Fratres JJ, que conquistou um total cinco medalhas de ouro: peso e absoluto com quimono, peso e absoluto sem quimono, além de ter vencido sua superluta pelo Desafio RJ x MS. “Essa valorização da ISBJJA e CBJJD dá muito mais ânimo para nós, atletas, disputarmos o Circuito, além da premiação em dinheiro ajudar no desenvolvimento da nossa carreira. Há 2 anos eu venho participando direto do Circuito, só não venci uma etapa peso e absoluto das que lutei, e pretendo ganhar mais”, afirmou Renan.

Outro casca-grossa que vem ganhando todas as etapas de adulto, no peso-médio e no absoluto, é o faixa-preta Daniel “Doquinha” Azevedo, da equipe Ares BJJ/ Gavazza, que além de vencer no Rio, também triunfou em Angra dos Reis-RJ, Espírito Santo e no Mato Grosso do Sul, conquistando o ouro duplo em todas as etapas. “Pelas minhas contas eu estou liderando a contagem geral entre todas as categorias, que recebe a premiação especial das passagens internacionais, e aguardo apenas o resultado oficial para garantir a passagem para a Europa”.

Entre os masters, quem brilhou foi Isaac Guimarães, da Cesar Maillet Team, campeão ouro duplo com quimono no master 1, e Marcão, da Double Five, que também faturou o ouro duplo, mas no master 4. Marcão, vale citar, venceu as duas últimas temporadas e, por isso, garantiu sua passagem para o Europeu 2023, em Coimbra, Portugal, embarcando no próximo dia 17 de outubro.

Já Isaac, que lutou e venceu todas as etapas no Rio de Janeiro, em Angra dos Reis-RJ e em Vitória-ES, disparou na pontuação e agora só aguarda o resultado oficial para comemorar a sua passagem para o Europeu 2024 da ISBJJA, também em Portugal.

Mato Grosso do Sul domina a festa

O estado do Mato Grosso do Sul voltou com a bagagem cheia do Mundial da ISBJJA / CBJJD e foi o dono da festa. Coordenada pela FSMJJ (Federação Sul-Mato-Grossense de Jiu-Jitsu), a delegação faturou 177 medalhas, sendo 76 de ouro, 54 de prata e 47 de bronze.

O desempenho na “Cidade Maravilhosa” garantiu à equipe sul-mato-grossense o troféu geral nas classes adulto, juvenil e master, além do título No-Gi. Ao todo, 150 atletas representaram o estado na competição, através do apoio do Governo do Estado – por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania).

Resultados por equipes Mundial da ISBJJA / CBJJD:

> Com quimono (juvenil/adulto/master)

1 Seleção FSMJJ
2 Double Five
3 Top Brother
4 Infight
5 Cesar Maillet Team

> Com quimono (pré-mirim ao infanto-juvenil

1 Cesar Maillet Team
2 Seleção FSMJJ
3 Double Five
4 GFTeam
5 Infight

> Sem quimono (kids/juvenil/adulto/master)

1 Seleção FSMJJ
2 GFTeam
3 Top Brother
4 Double Five
5 Projeto Vencedores em Cristo