Elizeu Capoeira celebra vitória e aponta sua mira para Gunnar Nelson e Neil Magny

0
58
Capoeira venceu pedreira russa - UFC

De volta ao octógono no último sábado depois de 1 ano e meio sem lutar, Elizeu Capoeira conseguiu anular o anti-jogo do duríssimo Abubakar Nurmagomedov, no UFC em Las Vegas, impôs seu estilo striking e saiu com o braço levantado por decisão dividida, anotando a segunda vitória seguida na organização.

Capoeira venceu pedreira russa – UFC

“Sabia que ia ser uma luta agarrada, presa e eu sabia que eu teria que me desvencilhar para poder impor o meu jogo”, disse o brasileiro ao canal oficial do UFC logo após descer do octógono. “Passou esse pesadelo, voltei ao rumo das vitórias, a competir, que é o que eu gosto e poder representar o meu povo”.

Esta foi a 13ª luta de Elizeu Capoeira dentro do UFC e a 10ª vitória. Com vistas a retornar ao ranking dos meio-médios, logo após bater Abubakar Nurmagomedov o brasileiro já voltou sua mira a dois veteranos da divisão: Gunnar Nelson e Neil Magny, este que atualmente ocupa a 11ª posição.

“Seria um confronto de estilos contra o Gunnar Nelson, que é carateca e exímio no grappling, tem tudo para a gente entregar uma ótima luta”, analisou. “O Neil Magny é um cara muito versátil e já era para a gente ter lutado anteriormente. Quem sabe agora é a hora da gente sair na porrada”.

Head coach de Elizeu Capoeira, Cristiano Marcello exaltou a atuação de seu atleta.

“Ganhou os três rounds, wrestling afiado e, dentro do tempo que o cara não amarrou e deixou ele trabalhar, ele fez com destreza, mostrou o Elizeu que é. Mostrou-se um cara que se mantém em evolução”, destacou o líder da CMSystem.