Em busca da terceira vitória seguida no UFC, Alex Cowboy revela que por pouco não desistiu da carreira

Se no próximo sábado Alex Cowboy entra no octógono da Ilha da Luta para enfrentar Shavkat Rakhmonov em busca da terceira vitória consecutiva e um lugar entre o top 15 da divisão dos meio-médios, há pouco mais de um ano ele refletia se continuaria lutando ou se abandonaria a carreira de lutador. 

A revelação foi feita durante o CONEXÃO PVT dessa segunda-feira. Ao lado de seu mentor, André Tadeu, o fluminense de Três Rios falou sobre os momentos difíceis vividos em 2019, os exageros cometidos, as três derrotas seguidas e a decisão de mudar de postura para levar a carreira mais a sério. 

Alex Cowboy também analisou o oponente deste sábado, revelou o desejo de enfrentar Anthony Pettis, relembrou a confusão com Will Brooks e deu seu palpite sobre as lutas entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje; e Kamaru Usman e Gilbert Durinho.