Eternizados: Anderson Silva, José Aldo e Irmãos Nogueira serão homenageados pelo UFC nesta quinta-feira

0
69
Cerimônia celebra os 30 anos do UFC

Criado para homenagear o legado daqueles que revolucionaram o esporte, o Hall da Fama do UFC vai adicionar oficialmente em sua galeria, em cerimônia que acontece nesta quinta-feira (06/7), em Las Vegas, o nome de duas lendas brasileiras: Anderson Silva e José Aldo. Além disso, os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro também serão homenageados.

Cerimônia celebra os 30 anos do UFC

Considerado por muitos o maior lutador da história do Ultimate, que em 2023 está completando 30 anos de sua fundação, Anderson Silva será adicionado na ala dos pioneiros. Entre os feitos do ex-campeão dos médios estão a maior sequência de vitórias, de defesas de títulos e o reinado mais longo.

“Anderson Silva é um dos maiores atletas de todos os tempos”, disse Dana White. “A sequência de 16 vitórias consecutivas de Anderson no UFC, 10 defesas de título bem-sucedidas e quase sete anos como campeão dos médios foram uma das coisas mais marcantes que já vimos no esporte”, complementou.

Primeiro campeão peso-pena da história do UFC, José Aldo será introduzido na ala moderna. O brasileiro defendeu o seu reinado por sete vezes consecutivas, entre 2011 e 2014. Em 2016, retomou o título. Em suas últimas apresentações no octógono, se arriscou nos pesos-galos e chegou a disputar o cinturão.

“José Aldo é o maior peso-pena de todos os tempos”, disse o presidente do UFC. “Do WEC ao UFC, José nos ajudou a construir o esporte MMA e o UFC como uma marca, além de mudar a percepção das categorias de peso menores e o que elas poderiam realizar dentro do octógono”, lembrou.

Já os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro serão homenageados pelo trabalho social feito pelo Instituto Irmãos Nogueira, que receberá o troféu Forrest Griffin Community Award, entregue a trabalhos que impactam a sociedade através de trabalho voluntário e de caridade.