Everton Oliveira afirma que recuperação de Thiago Marreta foi seu trabalho mais desafiador: ‘Chorei depois da luta’

Responsável por afiar o condicionamento físico de inúmeros campeões mundiais, o preparador da American Top Team Everton Oliveira afirmou que o trabalho de recuperação de Thiago Marreta foi o mais difícil de sua carreira. Vale lembrar que o meio-pesado rompeu todos os ligamentos do joelho esquerdo e parcialmente os do direito na luta de cinco rounds contra Jon Jones em julho de 2019. 

Após a cirurgia, Thiago Marreta ainda precisou ficar por algum tempo na cadeira de rodas, evoluiu para muletas e, com muita fisioterapia, conseguiu retornar ao octógono 1 ano e quatro meses depois. Apesar da derrota para o compatriota Glover Teixeira, o fato de Marreta conseguir lutar de igual para igual após tudo o que aconteceu foi considerado uma vitória por Everton, que confessou ter chorado ao final do combate.