Faixa-preta da Alliance retorna às competições com título no Brasileiro da CBJJE

0
164
Faixa-preta da Alliance subiu no lugar mais alto do pódio - Divulgação

Faixa-preta 2º grau e responsável pela filial da Alliance em Americana, São Paulo, Willian Motta resgatou seu lado competidor no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo, organizado pela CBJJE em junho. Depois de anos sem lutar, Willian se jogou no peso-médio master 2 e saiu com a medalha de ouro após vencer quatro combates.

Faixa-preta da Alliance subiu no lugar mais alto do pódio – Divulgação

Para o paulista de 36 anos, o título representa superação e a realização de um sonho: “Sempre quis ser campeão brasileiro na faixa-preta, e mesmo depois de muito tempo sem competir por estar mais focado na minha escola, consegui esse título. Fiquei muito satisfeito com a minha atuação. Fiz quatro lutas duras, mas consegui impor meu ritmo”, celebrou Willian Motta, que completou:

“O master está cada vez mais difícil, ninguém tá para brincadeira. Todos os atletas cada dia mais preparados, dando um show. No meu caso, acredito que competindo posso dar um exemplo de disciplina e confiança para os alunos através do trabalho duro. Assim podemos alcançar nossos objetivos e mostrar que o Jiu-Jitsu é uma excelente ferramenta para a vida”.

O bom trabalho feito dentro e fora dos tatames, como na gestão da Alliance Americana-SP, rendeu a Willian Motta uma parceria com a Life Strong Energy Drink. Atualmente embaixador da marca de energéticos, o faixa-preta exaltou a importância do apoio.

“A Life Strong é uma marca que fortalece os atletas em busca dos seus sonhos, e comigo não foi diferente. Tudo começou através de um aluno. Mostrei para ele o meu projeto de voltar a competir, logo depois fechamos a parceria e já completamos três meses juntos. Só tenho a agradecer”.

Embalado pelo título master no Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo, Willian Motta quer seguir em atividade e projetou disputar o Mundial da CBJJE, principal torneio da Confederação e que está marcado para novembro, em São Paulo: “Pretendo lutar mais alguns campeonatos neste ano, mas meu foco total é para o Mundial. Quero somar mais uma medalha de ouro”, encerrou o faixa-preta.