Johil de Oliveira revela motivos que o fizeram sair da Budokan e revela que, aos 52 anos, gostaria de enfrentar Macaco ou Wallid

O veterano Johil de Oliveira passou alguns capítulos de sua história a limpo no RESENHA PVT na última quinta-feira. Além de relembrar as antológicas lutas contra Pelé Landy e desmentir o rival sobre um suposto choro, o ícone da Luta-Livre também revelou por que saiu da equipe Budokan e como é sua relação com o mestre João Ricardo nos dias atuais. 

Sobre o acidente no Pride, quando acabou se queimando quando caminhava para o ringue, Johil relembrou os momentos de terror vividos no Japão e uma polêmica envolvendo a indenização dada pelo evento. 

Como não poderia deixar de ser, o experiente lutador de 52 anos disse que ainda não está totalmente aposentado e que para fechar a carreira da forma que acredita merecer gostaria de enfrentar Jorge Patino Macaco ou fazer uma revanche contra Wallid Ismail.