Jucielen e Rebeca vão à semifinal da World Boxing Cup

0
100
Jucielen Romeu está a duas lutas do título - Miriam Jeske/COB

Jucielen Romeu e Rebeca Lima estão na semifinal da World Boxing Cup, competição realizada nos Estados Unidos. Nesta quinta-feira (18), as brasileiras venceram suas lutas nas quartas de final e garantiram um lugar no pódio do torneio. Por outro lado, a fase marcou a despedida de Caroline Almeida e Bárbara Santos, que foram superadas por rivais de alto nível, com medalhas em Campeonatos Mundiais no currículo.

Jucielen Romeu está a duas lutas do título – Miriam Jeske/COB

Jucielen encarou a australiana Tina Rahimi nas quartas de final dos 57kg. A luta foi bastante estudada no primeiro round. A brasileira levou a melhor por 3 a 2 ao cadenciar e escolher bem seus golpes. A australiana buscou mais trocações na segunda parcial, mas acabou levando a pior em todas e perdeu de 4 a 1. No último round, Juci soube se defender e administrou a vantagem para vencer por decisão dividida: 4 a 1.

O Brasil ainda conseguiu mais uma vitória nesta quinta-feira. Na categoria até 60kg, Rebeca Lima venceu por unanimidade a australiana Danielle Scanlon. O duelo começou equilibrado, mas Rebeca foi mais precisa nos golpes para levar o primeiro round na opinião de todos os juízes. Confiante na luta, a brasileira seguiu pressionando no segundo e no terceiros assaltos, garantindo novamente a unanimidade e a vitória por 5 a 0 no combate.

Naka perde de campeã mundial e Bynha de vice

Caroline Almeida foi a primeira brasileira a entrar em ação na World Boxing Cup nesta quinta-feira. Competindo nos 50kg feminino, a brasileira enfrentou a chinesa Yu Wu por uma vaga na semifinal. No Campeonato Mundial do ano passado, Wu conquistou o título na categoria até 52kg. Além disso, ela também está classificada para os Jogos de Paris nos 50kg.

Trabalhando bem a distância e com esquivas rápidas, Wu conseguiu imprimir contragolpes rápidos e levou o primeiro round por 5 a 0. Naka foi para cima no segundo e levou a melhor em algumas trocações. Mesmo assim, a chinesa saiu com outro 5 a 0. Buscando um nocaute no último round, Carol pressionou bastante a rival, que se defendeu bem e confirmou a vitória por decisão unânime.

Bárbara Santos teve pela frente Khelif Imane, da Argélia, nas quartas de final dos 66kg e acabou superada. A argelina de 24 anos já conquistou o vice-campeonato do Mundial em 2022. No mesmo ano, ela também faturou o título do Campeonato Africano.

A argelina assumiu uma postura mais ofensiva desde o início e conseguiu encaixar combinações e venceu por 4 a 1 no primeiro round. Bynha respondeu no segundo após acertar contragolpes. No entanto, a Khelif manteve sua estratégia e levou a melhor com mais um 4 a 1. A brasileira seguiu buscando a vitória na última parcial, mas a adversária confirmou a vantagem com 3 a 2 e venceu a luta por 4 a 1.