Jungle Fight bate recorde de audiência na TV Globo

0
187
Wallid Ismail ao lado de Amauri Sores nos bastidores do Jungle Fight - Fred Pontes

Enquanto se prepara para desembarcar na capital sergipana no próximo dia 29, o Jungle Fight ainda celebra os excelentes números do evento passado na tela da Globo, confirmando o sucesso da aposta do diretor Amauri Soares.

Wallid Ismail ao lado de Amauri Sores nos bastidores do Jungle Fight – Fred Pontes

Em sua 117ª edição, o Jungle Fight na TV Globo registrou sua maior audiência na média nacional e em cinco praças: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belém e Curitiba, conforme foi noticiado pela tradicional coluna de Ancelmo Gois n’O Globo.

Com a transmissão, a audiência da Globo cresceu 46% em Belém e 57% em Curitiba, comparada à média na faixa das quatro semanas anteriores. A Globo liderou em quase todas as emissoras abertas.

“O Jungle Fight forte significa mais oportunidades para os melhores atletas melhorarem a realidade de suas famílias sem depender de um evento estrangeiro, o que aumenta exponencialmente o número de lutadores que podem mudar de vida através do esporte. Estimo que atualmente, com a dependência do mercado estrangeiro, apenas de 3% a 5% dos atletas conseguem proporcionar uma vida melhor aos seus familiares através da luta. Com o mercado brasileiro autossuficiente, esse aproveitamento pode chegar aos 90%, eu acredito. A ideia é se equiparar ao mercado do futebol, no qual o atleta consegue viver muito bem atuando na elite do Brasil e só considera ir para o exterior em caso de um contrato milionário”, projeta Wallid Ismail.