Leandro Higo celebra vitória e mira cinturão do Bellator

0
127
Higo vive bom momento na organização - Divulgação/Bellator

Sexto colocado do ranking peso-galo do Bellator, Leandro Higo andou algumas casinhas após conquistar uma grande vitória sobre o badalado James Gallagher no último sábado (23), quando foi realizado o Bellator Champions Series em Belfast, na Irlanda. Apesar do combate ter acontecido na categoria dos penas, o potiguar vem colecionando boas performances e chegou ao seu quinto triunfo em suas últimas seis lutas na organização americana. Por isso, ele acredita que uma chance pelo título da sua divisão está cada vez mais próximo.

Higo vive bom momento na organização – Divulgação/Bellator

“Eu ganhei de um cara que tem muito nome. Eu já queria lutar contra ele há algum tempo, exatamente porque ele poderia me possibilitar dar voos mais altos dentro da organização. Aceitei a luta um pouco em cima da hora e lutei em um categoria acima da minha. Acho que fiz uma boa luta para sair com a vitória e me colocar em uma posição ainda melhor no evento. E como eu já venho de algumas vitórias, quem sabe essa luta já não me projete para uma disputa de cinturão?”, disse Higo.

A vitória sobre o irlandês veio por decisão unânime, e foi a segunda seguida do atleta da Pitbull Brothers no Bellator. O potiguar vinha de um triunfo por finalização sobre Nikita Mikhailov, que hoje está na décima colocação do ranking. O recente retrospecto na organização, que inclui três finalizações, deixa o brasileiro confiante de que poderá receber a chance pelo cinturão em breve.

“Eu acredito que essa vitória me coloca em boas condições na organização. Nos bastidores estavam falando em cinturão para ele, caso ele me derrotasse. Não sei qual foi o acordo que ele fez para aceitar essa luta comigo, mas o burburinho nos bastidores era esse. Eu acho que mereço uma chance pelo cinturão na minha categoria depois dessa vitória. A próxima disputa de cinturão será entre Patrick Mix e Magomed Magomedov, que já se enfrentaram anteriormente. Então, seria o ideal até para ter mais rotatividade na categoria”, analisou.

“A única coisa que estou mirando agora é o cinturão da categoria. Pode ser que apareçam outras oportunidades, mas meu foco é disputar o cinturão. Eu já vou ficar pronto para o dia 17 de maio, porque se o Patrick Mix ou o Magomed Magomedov se lesionarem, eu estarei pronto para pegar essa oportunidade”, concluiu.