Projeto de jiu-jitsu inclusivo em Itaguaí-RJ recebe novos kimonos e tatame

0
61
Alunos do projeto estão de "armadura" nova - Divulgação

A Prefeitura de Itaguaí entregou, na última sexta-feira (3/05), novos kimonos e tatame para o projeto Itaguaí Ação, Esporte e Inclusão, que leva os ensinamentos técnicos e filosóficos do jiu-jitsu a crianças e jovens com deficiência.

Alunos do projeto estão de “armadura” nova – Divulgação

“Esses novos itens irão proporcionar uma melhor qualidade de treino para todas as nossas crianças. É importantíssimo porque é um jiu-jitsu que eu uso como ferramenta de inclusão”, destaca o professor de projeto, o faixa-preta André Seabra.

Criado no final de 2022, através da Secretaria de Turismo e Esporte de Itaguaí, o projeto utiliza o jiu-jitsu adaptado como ferramenta de inclusão para pessoas com os mais variados tipos de deficiência, sejam físicas ou intelectuais.

Atualmente, a turma de jiu-jitsu adaptado do projeto Itaguaí Ação, Esporte e Inclusão conta com 30 alunos; entre eles, dois filhos da dona Monique, que exaltou o impacto da modalidade na rotina de seus pequenos.

“Meus filhos participam do projeto desde dezembro de 2022, e a evolução das minhas crianças é muito nítida. Hoje conseguimos frequentar lugares muito cheios, com muito barulho”, conta Monique.

“Eles entendem as filas, o barulho, a hora de ir embora dos lugares. A relação dos alunos com os professores vai além, pois os professores demonstram um amor por essas crianças que faz toda a diferença”, conclui a mãe.

As aulas de jiu-jitsu adaptado do projeto Itaguaí Ação, Esporte e Inclusão acontecem todas as sextas-feiras na quadra da Monte Serrat. As inscrições podem ser feitas no mesmo local, às terças e quintas, no horário comercial.

Quadra da Monte Serrat – R. Kaisser Abraão, 186-224, Monte Serrat, Itaguaí-RJ.