Rede de academias Maurício Shogun e Murilo Ninja inaugura unidade no Rio de Janeiro

Consolidado como um dos maiores nomes do MMA no mundo, Maurício “Shogun” Rua se notabilizou por vitórias marcantes e títulos imponentes em seus 20 anos de carreira. Agora, próximo de sua aposentadoria definitiva dos ringues, o lutador começa a encarar a realidade como empresário. Sua rede de academias – a Shogun Team, fundada em 2015 – iniciou a expansão pelo modelo de franquias neste ano de 2020 e ao longo do ano, angariou 14 novos franqueados pelo Brasil.

No próximo dia 14 de novembro, é a vez da cidade do Rio de Janeiro receber a primeira unidade Shogun Team. A academia, localizada no tradicional bairro Tijuca, próximo às praças Saens Peña e Hilda, contará com três andares em uma área total de 280m², comportando mais de 400 alunos.

“Estamos bem empolgados e animados com a resposta do público nas redes sociais. Além disso, optamos pelo modelo da Shogun Team em detrimento de outras academias pela rede utilizar uma metodologia mais voltada para o bem estar, com uma característica mais familiar, tirando aquela impressão de violência muitas vezes relacionada às artes marciais”, explica João Victor que junto com Vívian Moura e Renato Ângelo, são os sócios da academia. A inauguração, contará com promoção de abertura: sem cobrança de taxa de matrícula, mensalidade mais barata e brindes no dia.

Ao todo, o trio já investiu mais de R$ 100 mil para garantir que a academia tenha uma estrutura adequada e preparada para atender bem os alunos.

“Vamos oferecer sete modalidades, sendo que todas as atividades serão voltadas para homens, mulheres e crianças. Nosso objetivo é trabalhar com alunos que buscam melhoria na saúde, melhoria nas condições físicas e mentais, assim como pessoas que já têm a vivência nas artes marciais”, explica João Victor. Na unidade, será possível praticar Boxe, Muay Thai, MMA, Judô, Jiu jitsu, Personal Fight e Funcional.

Vale destacar que, assim como toda a rede Shogun Team, a unidade de Tijuca seguirá todos os protocolos de segurança sanitária impostos pelas autoridades competentes.

“Teremos marcações de distanciamento no tatame, totens de álcool em gel em vários pontos da academia, medição de temperatura, higienização constante dos equipamentos, entre outras medidas”, afirma.

EXPANSÃO PELO BRASIL

O diretor de expansão e sócio da rede de academias, Lucas Camargo, afirma que a pandemia não atrapalhou o início da expansão da marca no segundo trimestre deste ano.

“Focamos em empreendedores que tinham uma visão a longo prazo e conseguimos fechar 14 contratos, chegando à marca de maior rede de academias de artes marciais do país, com mais de 20 unidades abertas ou em processo de inauguração pelo Brasil, além de uma operação na Suíça”, destaca Camargo.

Em cinco meses, a rede triplicou de tamanho e agora tem planos agressivos de crescimento para os próximos meses e anos.

“Queremos alcançar 60 franquias até o final de 2021 e 100 até 2023. Sabemos que isso é possível e viável, pois a receptividade das pessoas ao modelo de negócio tem sido sensacional”, afirma.