Rogério Camões não crê em aposentadoria de Anderson Silva: ‘Se despedir no UFC não quer dizer que ele vá parar de lutar’ 

Liderando a preparação física de Anderson Silva o para a possível luta de despedida do maior campeão peso médio da história do UFC, Rogério Camões participou do RESENHA PVT da última quinta-feira. Entusiasmado com o que vem acompanhando nos treinamentos, ele deixou claro que não acredita que a luta contra Uriah Hall, marcada para o próximo dia 31, seja a última da carreira de Spider. 

“Em todas as conversas que eu tive com o Anderson ele sempre diz que não quer parar, que quer lutar, que luta porque ama e ainda tem muita vontade de lutar. Então, por isso, ninguém da equipe está com sentimento de despedida. Isso é devido à postura do Anderson, porque em nenhum momento ele falou de ultima luta, pelo contrário”, revelou o treinador, que ainda disse: “Ele fazer a última luta no UFC não quer dizer que ele vá parar de lutar”.