Shogun compara derrota de Amanda com seu revés contra Forrest Griffin: ‘Às vezes o favoritismo pesa’

0
60

Ampla favorita na luta do UFC 269, Amanda Nunes até parecia que ia decidir no primeiro round contra Julianna Peña, mas seu rendimento caiu vertiginosamente no segundo, virou um alvo fácil para a desafiante e acabou não resistindo a um estrangulamento que, aparentemente, não estava tão bem encaixado. Para o veterano Maurício Shogun, a baiana pode ter se frustrado por não ter conseguido definir no início do combate, o que já aconteceu com ele próprio. Como exemplo, ele cita a derrota para Forrest Griffin no UFC 76, em 2007.

https://youtu.be/meQyUK4GhR4