Shooto Brasil 115 consagra novos campeões

0
337
Peso pesado tem um novo campeão - Marcell Fagundes

Em sua primeira edição de 2023, realizada na última sexta-feira (03) na Upper Arena, no Rio de Janeiro, o Shooto Brasil 115 consagrou dois novos campeões. Na luta principal, Kleberson Tavares levou a melhor sobre André “Bebessauro”, conquistando o título dos pesados com um nocaute avassalador.

Peso pesado tem um novo campeão – Marcell Fagundes

O cearense André “Bebessauro” começou tomando a iniciativa, logo repelida por Kleberson Tavares, que com uma sequência espetacular de três golpes conseguiu um nocaute brutal com 1 minuto e 10 segundos do primeiro round. Conquistada a coroa de Rei dos Pesados do Shooto Brasil, Kleberson Tavares, aos 37 anos, ostenta em seu cartel oito vitórias em 15 combates disputados.

Na luta coprincipal, Cleiver Fernandes superou o até então invicto Maurício Almeida e se tornou o rei dos galos da organização. A disputa foi em uma luta eletrizante. Desde o início, Cleiver partiu para o ataque e Maurício, para o contra-ataque. Nessa tônica, Cleiver levou a melhor, minando seu adversário com combinações fortes, atacando a linha de cintura, o atingindo com fortes chutes na perna e tirando a mobilidade do adversário. A definição da luta veio no quinto round, com um perfeito katagatame, obrigando Maurício a dar os três tapinhas finalizando a luta. Além do cinturão peso-galo do Shooto, Cleiver, de 27 anos, manteve o retrospecto de sete vitórias consecutivas de sua carreira profissional.

Das nove lutas do evento, sete terminaram por via rápida, cinco ainda no primeiro round. Os outros destaques da noite foram: José Henrique “Canela”, que com uma joelhada no rosto de Alan Silva “Abacaxi” superou o adversário por nocaute no terceiro assalto; Guilherme Doin, que também venceu por nocaute, despachando Samuel Silva já no round inicial; e Marcelo Adur, que com uma joelhada voadora brutal nocauteou Rodrigo “Muralha” no primeiro round da luta.

Marcos Novais e Matheus Fonseca passaram por Jarlilson da Silva e Júlio César, respectivamente, por nocaute técnico no primeiro round; assim como Leonardo Cerboni que venceu Sirnande Junior, em decisão unânime dos árbitros. Já Martin Camilo e José Heraldo empataram o combate.

O Shooto Brasil retorna esta semana em uma edição especial de Boxe neste dia 10 de fevereiro. Nomeada “Shooto Boxe”, o evento marca a estreia no boxe profissional de José Aldo Junior, frente ao argentino Emmanuel Zambrano. O card do show estará repleto de estrelas e terá sua transmissão ao vivo pelo UFC Fight Pass.