Treinadores de Covington, brasileiros Cesar Carneiro e Daniel Valverde projetam disputa de cinturão para julho

0
263

Treinadores de Colby Covington, os líderes da MMA Masters Cesar Carneiro e Daniel Valverde afirmaram que realmente a próxima luta do meio-médio será a disputa de cinturão contra Leon Edwards, como Dana White já havia falado. Embora ainda não seja oficial e nem tenha a data exata, eles acreditam que deva ser em julho. Sobre o confronto, os brasileiros acreditam em vantagem do norte-americano.

“Colby tem gás para lutar 10 rounds se for preciso”, disse Daniel Valverde. “Pelo que eu vi do Leon Edwards lutando com o Nate Diaz e com o Kamaru Usman, eu acho que ele não está preparado para a pressão que o Colby vai colocar”, completou César Carneiro.

Os treinadores também disseram que Colby Covington jamais recusou a luta contra Khamzat Chimaev e que, inclusive, chegaram a treinar voltado para um confronto contra checheno.

“A gente estava treinando pensando no russo, o Colby nunca falou que não, ainda mais depois que ele venceu o Gilbert (Durinho). Colby disse que sabia que o UFC iria oferecer essa luta e que ele queria estar preparado. A gente acha que é a luta que o UFC queria, mas aí o cara vai e não bate o peso (na última luta)”, revelou Valverde.

Os brasileiros também relembraram o caso da agressão de Jorge Masvidal e sua gangue contra Colby Covington.

“Na verdade tentar matar o Colby. Você chegar por trás, dar um soco, um profissional, dar dois socos… imagina… você quer matar o cara”, relatou Carneiro. “E não foi só o Masvidal, foram cinco ou seis, uma gangue mesmo”, completou Valverde.