WGP Brasília coroa André Martins e Júlio Assunção em noite emocionante

Edição desse sábado, dia 23, na capital federal, coroou os dois atletas com os títulos dos GPs dos meio-médios e super-leves em noite recheada de emoção - Foto: Honney Pereira

O WGP Kickboxing retornou em grande estilo. Na noite deste sábado, dia 23 de janeiro, a primeira edição regional, em Brasília, foi repleta de emoção. Depois de mais de um ano de inatividade por conta da pandemia do Covid-19, os fãs puderam matar um pouco da saudade. A noite coroou André Martins e Júlio Assunção, que fizeram bonito. Enquanto o primeiro aplicou dois nocautes para bater Elder Dias e Geova Sabino e levar para casa o título do GP dos meio-médios (até 71,8kg) do WGP Brasília, o segundo teve mais dificuldade, mas levou também faturou o título do GP entre os super-leves (até 64,5kg) após despachar João Pedro Moreira e Mateus Pereira, ambos pode decisão unânime. O card contou ainda com outras oito lutas, com destaque para os triunfos dos xarás Guilherme Monteiro e Guilherme Júlio sobre Wellington Mourão e João Pedro Simão, respectivamente.

Edição desse sábado, dia 23, na capital federal, coroou os dois atletas com os títulos dos GPs dos meio-médios e super-leves em noite recheada de emoção – Foto: Honney Pereira

O main event do WGP Brasília ficou por conta da final do GP dos meio-médios. Na primeira semifinal, André Martins fez bonito com uma vitória incontestável por nocaute diante de Elder Dias depois de bela sequência. Na outra semifinal, Geova Sabino fez valer a revanche e venceu Jeremias Henrique por decisão dividida após domínio dos dois primeiros rounds para avançar à final.

Na grande decisão, Geova e André protagonizaram um duelo muito emocionante. Depois de um início melhor, Geova sucumbiu ao gás e aos fortes low kicks aplicados por André no terceiro round, que levaram Sabino à lona, decretando o triunfo contundente de André por nocaute e o consagrando como o vencedor do GP dos meio-médios do WGP Brasília.

O GP dos super-leves colocou frente a frente grandes prospectos da região centro-oeste do Brasil. Na primeira semifinal Julio Assunção controlou a luta diante de João Pedro Moreira durante os dois primeiros rounds, para garantir a vitória no terceiro por decisão unânime. Do outro lado da chave, Mateus Pereira e Meijy Portela tiveram um início bem disputado, mas no assalto derradeiro, Mateus acelerou para avançar à final também por decisão unânime

Na grande final, Julio e Mateus entraram com muita vontade para levar o GP. Mas durante os três rounds o que se viu foi muita superioridade de Júlio, com mais contundência e vigor físico. As papeletas dos juízes deixaram claro o óbvio: vitória por decisão unânime e título do GP dos super-leves para Julio Assunção.

Nas Special Fights o duelo entre Guilherme Monteiro e Wellington Mourão foi muito intenso, com bons momentos para os dois lados  Ao final dos três rounds melhor para Guilherme por decisão unânime em uma das melhores lutas da noite. Entre os pesos-pesados, Guilherme Julio fez bonito ao dominar e mostrar muito físico para vencer João Pedro Simão por decisão unânime. Já Rafael Andrade foi superior a Bruno dos Santos em boa parte da luta e levou a vitória por decisão dividida.

O card contou ainda com outras cinco lutas no Undercard, com destaque para o triunfo de Reginaldo Brito por nocaute diante de Yuri Pereira.

WGP Brasília – Resultados oficiais

Andre Martins venceu Geova Sabino por nocaute aos 2min e 45seg do terceiro round

Julio Assunção venceu Mateus Pereira por decisão unânime

Guilherme Monteiro venceu Wellington Mourão por decisão unânime

Guilherme Julio venceu João Pedro Simão por decisão unânime

Rafael Andrade venceu Bruno dos Santos por decisão dividida

Geova Sabino venceu Jeremias Henrique por decisão dividida

André Martins venceu Elder Dias por nocaute aos 2min e 30seg do segundo round

Mateus Pereira venceu Meijy Portela por decisão unânime

Julio Assunção venceu João Pedro Moreira por decisão unânime

Reginaldo Brito venceu Yuri Pereira por nocaute

Lucas Silva venceu Celso Ribeiro por pontos

Rony Henrique venceu Pedro Victor por pontos

Hiago Pereira venceu Rômulo Araújo por pontos

Rute Bento venceu Juliana Rocha por pontos