Adesanya culpa Romero por luta morna e diz que espera postura diferente de Borrachinha

Não foi uma luta empolgante como o público imaginava, mas Israel Adesanya defendeu com sucesso o cinturão diante de Yoel Romero, por decisão unânime, nesse final de semana em Las Vegas. Após críticas sobre a baixa temperatura do combate, o nigeriano culpou a passividade do desafiante e disse esperar uma postura diferente de Paulo Borrachinha, seu provável próximo oponente. 

“Eu sei de uma coisa: ele vai vir para cima para tentar pegar o cinturão, é isso que estou esperando. Estou ansioso para isso”, afirmou o campeão dos médios, que citou as guerras contra Kelvin Gastelum e Robert Whittaker como o padrão de lutas que ele espera em uma disputa de cinturão, e “não alguém que no primeiro minuto e meio fica parado, apenas te admirando. Eu sei que sou bonitão, mas porra!”.