Aldo revela convite para lutar no UFC Rio e diz ser “maior brasileiro da história do MMA”

0
101
Ex-campeão retorna ao octógono em agosto (Foto: UFC)
Aldo com Rica Perrone (Foto: Instagram)

Nesta segunda, no canal Cara a Tapa no YouTube, Jose Aldo foi o convidado de Rica Perrone. O ex-campeão dos penas relembrou momentos da carreira, e revelou ter recebido do UFC a oferta para lutar no evento do Rio de Janeiro, dia 21 de janeiro, mas ainda não decidiu se lutará, pois aguarda o nascimento do filho. A lenda também não titubeou quando perguntado sobre quem é o maior brasileiro de todos os tempos no MMA.

“Fácil, eu. Não é treta, é fácil. Ganhei o título duas vezes, baixei de categoria, poderia muito bem dar uma estendida para lutar pelo título de novo. Respeito a história de todo mundo, mas eu sou o melhor. E fiz por onde. Trabalhei para caraca. Para mim, sou eu mesmo. Peguei um desafio novo, baixei de categoria, fui enfileirando todo mundo, fiz pelo título, perdi, recuperei de novo, estava indo bem até dar uma tropeçada agora de novo”, disse o “Campeão do Povo”, opinando também sobre os maiores estrangeiros.

“Tem o Demetrious Johnson, um peso mais leve que ninguém fala mesmo, porque o bicho é pequenininho (risos). Mas o Georges St-Pierre também foi um grande. Mas para mim, peso-pesado, Fedor Emelianenko. É um dos ícones. Quando o cara ficou dez anos invicto, eu falei: ‘Caraca, eu quero bater o recorde desse cara’. Fedor era o cara que eu me inspirava”, revelou Aldo.

Confira abaixo a entrevista completa.