Anderson nega aposentadoria e revela que pediu revanche contra Cannonier: ‘Falei com o Dana’

Anderson enfrenta Cormier neste sábado - Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC
Anderson afirma que voltará a lutar – Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Após o post se perguntando se deveria se aposentar ou dar sequência na carreira, Anderson Silva negou que esteja pendurando as luvas. Em bate-papo com o “site TMZ”, o ex-campeão dos médios disse que vai dar um tempo apenas por enquanto, para poder se dedicar à promoção do filme que gravou, na China.

“Eu não estou parando, não estou me aposentando”, disse Spider. “Agora vou dar um tempo, vou à China promover meu filme, também vou cuidar do meu joelho, tem a fisioterapia, mas em breve eu voltarei. Meu foco agora é me recuperar.”

Anderson Silva foi derrotado por Jared Cannonier no último final de semana no UFC Rio. Depois de um início promissor na luta, o brasileiro foi atingido por um forte chute na parte de trás do joelho, que já estava lesionado, e não conseguiu dar sequência. Questionado sobre a possibilidade de uma revanche contra o último algoz, ele não descartou.

“Pode ser. Até falei sobre isso com o Dana, mas ele pediu para eu descansar agora, me recuperar, cuidar do joelho e deixar isso para depois. Mas pode acontecer”, respondeu o lutador de 44 anos.