André Monstro é o novo campeão peso pesado do Jungle Fight

André Negão chegou à sexta vitória consecutiva - Foto: Leonardo Fabri
André Negão chegou à sexta vitória consecutiva – Foto: Leonardo Fabri

O Jungle Fight no DAZN 98 empolgou o público, que lotou, na noite do último sábado, 23, o clube Labareda, em Belo Horizonte. Foram 16 lutas, com quatro nocautes, seis finalizações e um novo campeão dos pesos pesados. Na luta principal, Carlos André “Monstro” precisou de menos de dois minutos para nocautear Fernando Negão e faturar o título supracitado.

Já no co-main event, Eduardo “Neymar” Dinis e Fernando “Ben 10” fizeram uma luta muito técnica, com equilíbrio em todos os três rounds. Com pequena vantagem no segundo round, quando aplicou uma queda, e com mais volume de jogo no terceiro assalto, Fernando foi declarado vencedor por decisão unânime.

Em uma das melhores lutas da noite, Marcelo “Guará” deu um verdadeiro show vencendo Giovani Kamikase por nocaute no segundo round, mesmo com uma lesão em um dos dedos do pé. Desde o início, Guará imprimiu um ritmo forte e de grande variação de golpes em pé com socos e chutes que levaram seu adversário às grades, obrigando o árbitro central a encerrar o combate.

“Jungle Fight no DAZN não para, é guerra total! Sempre bom estar em Belo Horizonte. Aqui o público é muito fã do MMA, sempre temos casa cheia e muitos lutadores locais podem mostrar o seu talento. Em 2020 vamos voltar para fazer vários shows”, disse Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight.

A próxima edição do Jungle Fight no DAZN acontece no dia 30 de novembro, no Rio de Janeiro.

CONFIRA OS RESULTADOS:

Jungle Fight no DAZN 98
Clube Labareda, Belo Horizonte (MG)
Sábado, 23 de novembro de 2019

Carlos Monstro venceu Fernando “Negão” Batista por nocaute técnico no 1R
Fernando Ben 10 venceu Eduardo Neymar por decisão unânime dos jurados
André “Dedé” Ricardo finalizou Caio Cocão com uma guilhotina no 2R
Marcelo “Guará” Guarilha venceu Geovani “Kamikase” Chieppe por nocaute técnico no 2R
Nayara Maia venceu Tayná Lamounier por decisão unânime jurados
Deberson “The Prince” venceu Emerson Rios por nocaute técnico no 2R
Marcos César Assunção finalizou Ronaldo Saminez da Paz com uma chave de braço no 1R
Marcos “Tchaco” Almeida finalizou Wallace Portela Lordy com um mata-leão no 1R
Iure “Samurai” venceu Leandro Camargos por decisão dividida dos jurados
Warley “Mão de Pedra” venceu Milton Pantera por nocaute técnico no 1R
Luiz “Caipira” finalizou Haroldo Iron Man por com um mata-leão no 1R
Heider Caetano finalizou Alex Oliveira com um triângulo de mão no 2R
Douglas Rakchal venceu Tulio Marcos Viana por nocaute técnico no 1R
Ricardo Pinho finalizou Maique Henrique com uma chave de braço no 1R
Daniel Henrique venceu André Talibã por decisão unânime dos jurados
Jean Felipe Tapurú venceu Victor Estevão por decisão unânime dos jurados