André Sergipano e Herbert Burns finalizam no Contender Series e assinam com o UFC

Sergipano agradou o patrão - Foto: arquivo pessoal
Sergipano agradou o patrão – Foto: arquivo pessoal

Dois novos brasileiros assinaram com o UFC no episódio do Contender Series dessa terça-feira. O primeiro foi o peso médio da TFT André Sergipano. Em seguida, foi a vez do peso-pena Herbert Burns agradar Dana White e receber o contrato com a organização.

Aos 29 anos e em sua segunda participação no programa, Sergipano precisou de apenas 1 minuto e 46 segundos para pegar as costas de Tyalor Johnson, aplicar um mata-leão e aumentar para 12 o número de finalizações e sua carreira – num total de 18 vitórias em 22 lutas.

O irmão mais novo de Gilbert Durinho também usou o Jiu-Jitsu para vencer. Aos 31 anos, Herbert foi derrubado após colocar uma mão dura em Darrick Minner, chegou a sofrer uma pressão no ground and pound, mas levou a melhor ao aplicar um triângulo pegando o braço ainda no primeiro round.

O Brasil ainda foi representada pela peso-mosca Marília Chocolate, numa luta que gerou polêmica quanto ao resultado. A italiana Lucrezia Ria foi declarada vencedora por decisão dividida, o que foi bastante contestado não só pela equipe da brasileira, mas também pelo anfitrião do programa, Dana White. Tanto Lucrezia quanto Chocolate não receberam o contrato.