Após cinturão mundial, Bia Ferreira volta sua mira para o título olímpico

0
95
Bia Ferreira conquistou o título mundial - Divulgação

A conquista do cinturão peso leve da Federação Internacional de Boxe (IBF), no último sábado (27/04), em Liverpool, foi o primeiro passo de Beatriz Ferreira rumo ao feito histórico de ser campeã mundial e olímpica no mesmo ano.

Bia Ferreira conquistou o título mundial – Divulgação

“Estou muito feliz. Alcancei o objetivo, mas a luta não saiu como a gente planejou. Agora a meta é ser campeã olímpica. E eu prometo que a próxima luta vai ser melhor do que essa”, disse a “Braba”.

Para capturar este cinturão, Bia Ferreira superou a argentina Yanina Del Carmen Lescano por nocaute técnico no sexto round. Agora, além disso, é condecorada com uma medalha de prata olímpica, dois mundiais amadores e um profissional.

“Brasil, representei. Estou levando para casa mais um título mundial. Obrigado pela força e pela energia. Missão dada é missão cumprida. Com certeza é o primeiro de muitos!”, avisou a pugilista baiana.

Bia pode ser a primeira da história a ser campeã mundial no boxe profissional e ganhar uma medalha olímpica no mesmo ano. Em julho, ela vai disputar os Jogos Olímpicos de Paris-2024 como favorita ao ouro na categoria até 60 kg.