Fellipe Andrew comemora título do GP do BJJ Stars

0
100
Fellipe Andrew confirmou o favoritismo - Divulgação

Um dos grandes nome do jiu-jitsu na atualidade, Fellipe Andrew confirmou o favoritismo e foi o grande campeão do GP dos meio-pesados do BJJ Stars 12, maior evento de lutas casadas do Brasil que foi realizado no último sábado (27) no Komplexo Tempo, no Parque da Mooca, em São Paulo. Além de conquistar o torneio, o faixa-preta faturou o cinturão e a premiação de 100 mil reais.

Fellipe Andrew confirmou o favoritismo – Divulgação

Para sair vencedor do GP, o atleta da Alliance confirmou as expectativas ao finalizar Leonardo Lara com um triângulo em sua primeira luta, depois ao bater Isaque Bahiense por pontos (11 a 0) na semifinal e, na grande final, finalizar Uanderson Ferreira com um kata-gatame. Andrew ficou feliz com o seu desempenho no torneio e garantiu que fez uma das melhores exibições de sua carreira.

“Eu senti muito bem durante todas as lutas. Com certeza essa foi uma das minhas melhores performances em competições. Eu estava frio e focado, sem deixar a emoção tomar conta. Por conta do sorteio das chaves, eu acreditava que o Braguinha (Gustavo Batista) pudesse chegar a final, até pelo fato deles terem lutado uns meses atrás e o Braguinha ter vencido, mas o Uanderson surpreendeu a todos com aquela queda e conseguiu sair com a vitória”, destacou Andrew.

Antes do GP, Fellipe Andrew disse que não acreditava em favoritismo e, imediatamente, rechaçou o status de super favorito para sair com o título do torneio. Por isso, o atual campeão Mundial, Pan-Americano, Europeu e Brasileiro de Jiu-Jitsu no super-pesado (100kg), enalteceu o também finalista Uanderson Ferreira.

“Como eu disse antes, não existe favorito no Jiu-Jitsu. Tudo pode acontecer. Ele (Uanderson) é um atleta excepcional e com jogo muito arisco. Eu já havia lutado com ele algumas vezes, então a minha estratégia contra o jogo dele era apenas entrar lá para lutar Jiu-Jitsu. Apenas jogar solto e deixar rolar”, disse o pernambucano, que revelou o que fará com a bolada de 100 mil reais.

“Como eu havia dito antes, o dinheiro vai ficar no Brasil. Até porque eu moro nos EUA e, hoje em dia, não vale a pena levar essa quantia para os Estados Unidos. Com esse dinheiro eu pretendo ajudar a minha família. Com certeza vai salvar muito”, concluiu o campeão.

BJJ Stars 12
Komplexo Tempo, Mooca, São Paulo (SP)
Sábado, 27 de abril de 2024

GP dos meio-pesados:

Final:
Fellipe Andrew finalizou Uanderson Ferreira com um kata-gatame;

Semifinais:
Fellipe Andrew derrotou Isaque Bahiense por 11 a 0 nos pontos;
Uanderson Ferreira derrotou Gustavo Batista por 2 a 0 nos pontos;

Quartas de final:
Isaque Bahiense finalizou Francisco Lo com um estrangulamento;
Uanderson Ferreira finalizou Maurício Oliveira com uma chave de braço;
Fellipe Andrew finalizou Leonardo Lara com um triângulo;
Gustavo Batista finalizou Gabriel Brod com um kata-gatame;

Disputas de cinturão:
Anna Rodrigues derrotou Ana Schimitt por 2 a 0 nos pontos;
Júlia Alves derrotou Luiza Monteiro por 4 a 2 nos pontos;

Superlutas:
Meyram Maquine derrotou Samuel Nagai por 3 a 2 nas vantagens (após 4 a 4 nos pontos);
Piter Frank derrotou Celsinho Venicius por 2 a 0 nos pontos;
Adriano Silva derrotou Vitor Shaolin por decisão dos árbitros (após 2 a 2 nos pontos);
Pedro Veras finalizou Ygor Rodrigues com uma chave de braço;
Sabrina Gondim x Larissa Martins derrotou por 2 a 1 nas vantagens (após 2 a 2 nos pontos);
Jeferson Santos derrotou Hugo Souza por pontos.