Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jítsu e Governo do Rio selam parceria

0
90
Rafael Picciani é secretário de Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro - Divulgação

Indo para a sua 10ª edição, prevista para de 19 a 21 de julho, o Abu Dhabi Grand Slam do Rio de Janeiro ganhou um reforço de peso em sua realização, o próprio Governo do Estado do Rio de Janeiro, que entra como parceiro oficial do evento.

Rafael Picciani é secretário de Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro – Divulgação

Secretário de Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro, Rafael Picciani exaltou a assinatura do contrato que firmou esta parceria que prevê a realização de pelo menos três edições, a começar pela deste ano.

“O Governo do Rio reafirma seu compromisso com o fomento ao esporte e o estímulo da participação da sociedade nas práticas esportivas por meio de iniciativas como essa”, destacou Picciani.

“No cenário das lutas, o jiu-jitsu tem a sua raiz muito forte como base das artes marciais, que são um grande instrumento de formação social. Mais do que as técnicas de defesa pessoal, elas transmitem valores importantes para a sociedade e para a formação das nossas crianças e jovens”, completou o secretário.

Em relação ao impacto na sociedade, a entrada do Governo do Rio, através da Secretaria de Esporte e Lazer, garante o direcionamento de 450 inscrições para alunos de projetos sociais do estado do Rio.

“Este ano tem tudo para ampliar ainda mais a marca e a força do torneio junto a projetos sociais, a atletas menos graduados, e com isso se tornar também um espaço para revelar novos atletas com grande potencial competitivo”, salientou Rafael Picciani.

Além do impacto social, a realização do Grand Slam no Rio de Janeiro por mais três anos consecutivos contribui significativamente para a economia local, atraindo atletas e espectadores de todo o mundo e gerando impactos positivos em diversos setores, desde o turismo até a valorização do jiu-jitsu.