‘Azarão’ Claudio Hannibal projeta cinturão dos meio-médios: ‘Em dois anos vou ser campeão do UFC’

Claudio Hannibal provou em suas duas últimas lutas, em maio de 2018 e março de 2019, que os quatro anos que ficou afastado do octógono, devido a lesões, não afetaram a sua vontade de vencer. Invicto desde a estreia no MMA, no ano de 2007, o meio-médio ostenta uma sequência de 13 vitórias e, neste sábado, tenta a 14ª, diante de Cole Williams, em Nova Jersey.

“Eu sempre sou o azarão. É fácil me medir de fora, mas ninguém sabe o quanto eu quero vencer, o quanto eu me dedico. Tem muito lutador que é muito bom quando bate, mas quando se vê em uma situação difícil, se congela. Eu já provei nas minhas lutas que eu tenho coração, que eu sou um guerreiro”, disse o brasileiro em entrevista ao canal oficial do UFC.

Aos 36 anos de idade, o brasileiro radicado na Inglaterra faz contas e projeta conquistar o cinturão do UFC até 2021.

“Eu quero ser campeão, eu sei que em dois anos eu vou ser campeão do UFC na categoria até 77kg, e para mim não importa quem não acredita em mim, pois eu acredito”, destacou.

UFC Nova Jersey

Sábado, 03 de agosto de 2019

CARD PRINCIPAL (16h, horário de Brasília):

Peso-meio-médio: Colby Covington x Robbie Lawler
Peso-leve: Jim Miller x Clay Guida
Peso-leve: Netto BJJ x Nasrat Haqparast
Peso-médio: Trevin Giles x Gerald Meerschaert
Peso-leve: Scott Holtzman x Dong Hyun Ma
Peso-meio-pesado: Darko Stosic x Kennedy Nzechukwu

CARD PRELIMINAR (13h, horário de Brasília):

Peso-meio-médio: Mickey Gall x Salim Touahri
Peso-mosca: Antonina Shevchenko x Lucie Pudilova
Peso-meio-médio: Cláudio Hannibal x Cole Williams
Peso-mosca: Matt Schnell x Jordan Espinosa
Peso-mosca: Mara Romero Borella x Lauren Murphy